Bolsonaro dá um ‘pulinho’ na casa de Silvio Santos após evento sem o uso de máscara e com centenas de pessoas

Internautas detonaram a situação e os chamaram de "irresponsáveis"

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, deu uma passadinha na casa do comunicador Silvio Santos na noite desta terça (15), após reunir centenas de pessoas hoje à tarde, para a inauguração da torre do Relógio da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp).

Bolsonaro surgiu em uma foto ao lado do comunicador, e também nas presenças de Floriano Peixoto Neto, presidente dos Correios, Fabio Faria, ministro das Comunicações e marido de Patrícia Abravanel (filha nº4), e da esposa de Silvio e autora de novelas Íris Abravanel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ocasião foi marcada para a entrega do selo em homenagem aos 90 anos de Silvio Santos, completados no último dia 12. O que chama a atenção é o fato de Silvio Santos ter recepcionado o presidente em sua sala, ao mesmo tempo em que está completamente recluso de suas atividades do SBT, em cuidados extremos para evitar o contágio da covid-19.

Em SP, presidente causa aglomeração (Reprodução: Twitter)

Com indicadores compatíveis com a fase amarela avançada nesses últimos dias e a soma de 182 mil brasileiros vitimados pela covid-19, o presidente Jair Bolsonaro, não bastando, surgiu sem o uso da máscara de proteção no evento, carregou crianças fantasiadas de policiais militares no colo e apertou a mão de dezenas de pessoas.

Bolsonaro dividiu o palco com autoridades locais na ocasião. Em clima de campanha, foi recebido aos gritos de “mito” para discursar. Na internet, a visita do presidente ao comunicador foi rechaçada e os familiares chamados de “irresponsáveis”. É, minha gente!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio