Bianca Andrade fala sobre Diogo Melim e seus arrependimentos no BBB20

Publicado há 7 meses
Por Nayara Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após ser eliminada, Bianca Andrade, a Boca Rosa, esteve hoje pela manhã no Mais Você e analisou sua participação no BBB20. Durante o papo, ela disse acreditar que seu maior erro foi em relação a disputa entre homens e mulheres na casa. Ela ainda afirmou que não conversou com Diogo Melim e disse que não se lembrava do flerte com Guilherme quando bebeu demais no confinamento.

Vendo ao VT da festa, ela afirmou: “Eu tenho que ver o que acontece comigo quando eu bebo. Essa parte toda aí eu não lembro. Eu não lembro de nada disso que aconteceu. A parte do bolo. Inclusive, depois me falaram que eu quis beijar a festa inteira: o Daniel, a Mari, ele, uma galera”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Olha, eu ali dentro do jogo, nada, zero. Eu já estava envolvida com a Gabi. Eu nunca ia fazer isso. Depois eu até perguntei: ‘Gui, por que você se aproximou?’ Por que eu também tinha namorado”, comentou ao ser questionada se teria algum interesse em Guilherme caso fossem solteiros.

Ela ainda contou que irá conversar com o cantor. Quando perguntada se proccuraria Diogo, ela enfatizou: “Óbvio”. “Deve ter sido muito ruim para ele. Ele me conhece, depois a gente vai conversar. Espero que tudo no final fique bem, mas eu entendo completamente e não consigo nem dar uma opinião sobre isso”.

O que faria diferente

Eliminada com 53,09% dos votos, Bianca disse que se pudesse voltar atrás, se aproximaria mais das mulheres na casa. “A parte das meninas foi o meu grande erro, na verdade. Acho que foi a parte que eu mais me arrependo de todo o meu comportamento. Por que eu vi – e isso me impressionou mais… Às vezes as pessoas levantam a bandeira para ganharem algo e não porque estão entendendo o que está acontecendo. Essa foi minha reação lá dentro, e na verdade foi uma reação equivocada, porque não era isso. Realmente aconteceu, eu não acreditei na hora e fiquei chocada”, afirmou.

“Eu não teria me envolvido tanto, não teria ficado tanto tempo ouvido os meninos. Teria falado com mais calma, com todo mundo”, analisou. “Preciso ver onde errei, o que preciso evoluir, porque não foi uma conduta boa, não foi uma percepção boa.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais