Band vira alvo de processo por causa do MasterChef; saiba mais

Uma escola de culinária da Argentina alega ser dona da marca no Brasil

Publicado há um mês
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Band e a Endemol Shine estão sendo processadas pelo instituto de gastronomia Mausi Sebess, que é da Argentina. A empresa alega que é detentora da marca MasterChef no Brasil até 2027 e acusa as empresas de uso indevido.

De acordo com os jornalistas Vinícius Andrade e Li Lacerda, do Notícias da TV, um pedido de liminar chegou a ser feito para que a justiça impedisse a exibição da atual temporada. A liminar foi nega, mas a batalha pela marca continua.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O processo corre na 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro e foi aberto em maio deste ano. A escola de culinária conseguiu registrar a marca no Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) em 2017. Ao portal, a Band não se manifestou sobre o processo.

A Endemol destacou que o MasterChef é um dos formatos mais aclamados do mundo e que no Brasil é uma das principais séries de culinária. “Contestamos a ação no mérito e não comentamos ações judiciais em curso”, apontaram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais