Band repete RedeTV! em saída do Pânico ao oferecer programa solo para Carioca

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Faltando cerca de um mês para o fim de sua trajetória na Band, o Pânico ainda está com o futuro indefinido na televisão: se termina o seu ciclo depois de 14 anos, contando também RedeTV!, ou se vai para outra emissora.

Nesta semana, a imprensa em geral noticiou que a Band ofereceu um programa solo para Márvio Lúcio, o Carioca, no mesmo horário do Pânico: às 21h30 dos domingos – ou seja, concorreria diretamente com o Encrenca, da RedeTV!.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Ceará diz que lamenta fim do Pânico por produtores, mas afirma que já previa final em 2014

Seria a primeira empreitada solo de Carioca, que está no Pânico desde 1996, contando o tempo de Rádio Jovem Pan. Ele chegou a ensaiar uma conversa com o Multishow recentemente para ter uma atração solo, mas isto não vingou.

Curiosamente, a Band está repetindo o modus operandi que a RedeTV! teve quando o Pânico saiu para ir para a emissora do Morumbi, no ano de 2012. Desesperada, Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho ofereceram um programa solo para Wellington Muiz, o Ceará.

Na ocasião, Wellington tinha contrato com a RedeTV! diretamente, e não com o Pânico – bem como Sabrina Sato. Por isso, o próprio Marcelo de Carvalho ofereceu uma atração nos domingos à noite para Ceará.

Mesmo já se sentindo escanteado desde o fim de 2010 pelo Pânico, Ceará decidiu ir com a equipe para a Band, mais por gratidão pela história do que por qualquer outra coisa. O próprio confirmou a história nesta semana ao programa The Bate-Boca, comandado por Léo Dias e Bruno Chateubriand, na Rádio Mix do Rio de Janeiro.

Agora, é ver ser se Carioca aceitaria ter algo solo nos domingos à noite. Tudo vai depender do futuro das negociações do Pânico na televisão.

Band e Jovem Pan ainda não se pronunciam oficialmente sobre o fim do Pânico por conta do contrato, que vai até 2019, que ainda não foi rescindido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais