Balanço Geral exibe denuncia de assédio sexual contra supostos produtores do BBB

Aline Vargas tem várias provas que estão anexadas em um inquérito da Polícia Civil

Publicado em 8/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma reportagem exibida no Balanço Geral Manhã nesta terça-feira (8), que também foi levada ao ar na edição do começo da tarde, chamou bastante a atenção dos telespectadores do programa da Record TV

A princípio, o jornalístico levou ao ar uma matéria com Aline Vargas, uma universitária de Minas Gerais, que acusa dois supostos produtores do Big Brother Brasil, reality show da TV Globo, de assédio sexual após tentar entrar no programa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.  

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de sonhar em fazer parte da atração, ela teria sido procurada pelos dois com a proposta de tentar uma vaga na edição 22 do reality. A estudante de odontologia revelou que um deles seria influente e já apareceu com outras ex-BBBs em fotos, mas acabou pedindo fotos dela nua. 

“Não quero só amizade”, escreveu um deles em mensagens exibidas. “Gostosa”, escreveu um outro. “Fiquei em estado de choque. Eu estava com o meu marido do lado“, revelou Aline, que ainda mostrou o homem dizendo que ela teria poucas chances por ser casada. “Boa sorte”, contou ela, que logo depois registrou um boletim de ocorrência.  

“Tem muitas pessoas que vão me apoiar, mas muitas vão me odiar, já que muitas se sujeitam”, disse Aline. A reportagem ainda mostrou uma nota enviada pela assessoria da TV Globo, onde eles informam que não comentam situações de compliance, mas que existe um código de ética que deve ser seguido por todos os funcionários. “Nesse momento eu estou mexendo com um peixe… com um tubarão! Eu estou mexendo com um programa que o Brasil ama”, sentenciou. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio