Avenida Brasil chega ao capítulo 100 e o elenco relembra a trama: “Fenômeno até hoje”

Publicado há 7 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Repleta de momentos marcantes e mistérios sendo desvendados, Avenida Brasil, trama das 21h de João Emanuel Carneiro, chega ao capítulo 100 no Vale a Pena Ver de Novo nesta sexta-feira (21).

Nina (Débora Falabella) continua com poder sobre Carminha (Adriana
Esteves). Jorginho (Cauã Reymond), atormentado, tenta desvendar o passado da
mãe e descobre que Santiago (Juca de Oliveira) é seu avô.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas apesar da emoção de conhecer o neto, Santiago não revela
informações sobre a filha, e Jorginho continua sem saber o que Carminha esconde
e como Nina ficou com as cartas do jogo nas mãos.

Cauã Reymond lembra que, nesse momento da trama, Jorginho estava muito angustiado. “O fato de ter sido uma criança abandonada e, depois, ter sido adotado pela própria mãe biológica e um jogador de futebol famoso é muito complexo. A pessoa que representa a figura materna para ele, a mãe Lucinda, ainda morar no lixão, por exemplo, faz dele um personagem com muitas questões a serem resolvidas”, analisa o ator.

Depois de extorquir uma grande quantia de Carminha, Nina mostra que
estava blefando e avisa que não cumprirá a promessa de ir embora para sempre.
Na sequência de seu plano de vingança, ela dá um jeito de atrair a esposa de Tufão
(Murilo Benício) para a lancha de Max (Marcello Novaes), e Carminha chega
justamente a tempo de flagrar a funcionária aos beijos com seu amante.

Muito nervosa, a perua discute fortemente com os dois e acaba se
ferindo ao tentar agredir Nina. Quando Max a ajuda, Carminha diz que ele está
sendo manipulado por Nina.

Depois de ouvir que seu comparsa vai ficar com a jovem, Carminha
fica transtornada, dirige sem atenção e bate com o carro. Ela começa a beber e
vai parar no lixão, de onde é resgatada por Tufão. Em outro momento da trama,
Lucinda (Vera Holtz) desabafa com Santiago sobre o caráter de Max, deixando
claro que é mãe sua mãe.

Débora Falabella acha interessante sentir a expectativa do público pelos próximos acontecimentos quase oito anos depois da exibição da novela. “Esse trabalho me atingiu especialmente no sentido de entender a força e o poder de uma novela. Avenida Brasil é um fenômeno até hoje. Para mim, também foram muito importantes as relações que criei e tudo o que aprendi com um elenco tão incrível e com essa personagem tão rica”, conta.

Adriana Esteves gosta de rever suas cenas e vê na reprise a importância de atingir também as pessoas que não acompanharam a primeira exibição da trama: “Esta novela me trouxe muitas alegrias. Muitas, muitas mesmo. Conheci pessoas com quem vou querer trabalhar para sempre e me abriu outras portas na carreira. Foi uma enorme realização profissional”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais