Autores explicam história de Novo Mundo, nova reprise da Globo

Publicado há 6 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir desta segunda-feira (30), o público vai poder matar a saudade dos personagens de Novo Mundo, que volta em uma edição especial. E quem não teve a oportunidade, em 2017, também irá embarcar em uma jornada de lutas e aventuras, que vai transformar vidas e interferir diretamente no rumo da história: a que está nos livros e a que ficou guardada no coração de quem viveu naquela época.

Há quase 200 anos, uma travessia grandiosa do Atlântico trouxe a arquiduquesa austríaca Leopoldina (Leticia Colin) ao Brasil para se tornar a esposa de Dom Pedro I (Caio Castro) e personagem fundamental no processo de independência do país.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta mesma viagem, dois jovens se apaixonam e despertam para o Brasil que encontram. Na trama, o romance ficcional entre a professora de português Anna Milmann (Isabelle Drummond) e o ator Joaquim Martinho (Chay Suede) se entrelaça à luta do Brasil pela construção de uma nação independente.

Bastidor – Pedro ( Caio Castro ) e Leopoldina ( Letícia Colin ) (Divulgação/Globo)

Romance

Novo Mundo é uma aventura romântica ambientada no Brasil do início do século XIX, entre 1817 e 1822, escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, com direção artística de Vinícius Coimbra, juntos também na criação e no desenvolvimento de Nos Tempos do Imperador.

Anna é uma escritora inglesa que tem a missão de acompanhar Leopoldina e ensinar a nova língua para a futura princesa. Joaquim é um atrevido ator de commedia dell’arte, que embarcou no navio por acaso e se tornará o herói desta história por ter como principal missão na vida o bem comum.

Ao cruzarem seus destinos, terão que lutar contra muitos obstáculos para ficarem juntos. No seu encalço, o oficial inglês Thomas Johnson (Gabriel Braga Nunes), que vê em Anna o melhor cartão de visitas para suas ambições.

O casal se envolverá intensamente nos acontecimentos que culminam na separação do Brasil de Portugal, ao lado de Dom Pedro I e Leopoldina, em um período em que o Brasil já havia deixado de ser colônia para ser um Reino unido a Portugal.

Joaquim ( Chay Suede ) (Divulgação/Globo)

Alegria para o telespectador

Para os autores, a volta da novela no horário é uma oportunidade de trazer alegria para o público que está em casa e fazer uma ponte natural para a próxima trama que irá estrear.

“As pessoas vão conhecer personagens que em ‘Novo Mundo’ eram crianças, cresceram e terão suas tramas desenvolvidas em ‘Nos Tempos do Imperador’. Vão poder entender melhor Dom Pedro II, criado para ser tão diferente do pai, e ver a diferença entre o Brasil de 1820 e o de 1860”, declarou Alessandro.

“Temos um amor enorme por essa novela, que, além de ter sido nossa estreia como autores titulares, foi muito bem recebida pelo público. É uma oportunidade de refrescar a memória de quem já assistiu e cativar um público futuro para a próxima. ‘Novo Mundo’ é uma novela cheia de aventura, romance, muito humor e personagens que ficaram muito queridos de todos. E ainda fala de um herói, Joaquim, que luta pelo bem coletivo, tudo que esse momento de pandemia pede”, complementou Thereza.

Chalaça ( Romulo Estrela ), Pedro ( Caio Castro ) e Bonifácio ( Felipe Camargo ) (Divulgação/Globo)

Personagens marcantes

Os autores lembram também dos personagens que são campeões nas lembranças deles e do público, como Elvira (Ingrid Guimarães), Germana (Vivianne Pasmanter), Licurgo (Guilherme Piva), Leopoldina (Leticia Colin) e citam com carinho os núcleos da trama.

“Adorávamos escrever para o trio Germana, Licurgo e Elvira porque podíamos fazer quase tudo com eles. Leopoldina cativou demais o coração das pessoas e, nesse sentido, sabemos que foi muito importante para ela ter sua história conhecida por milhões de brasileiros. Deixou saudades também o jeito impulsivo de Pedro, tão novelesco! Além de Anna e Joaquim, casal mais que querido, romântico e responsável, assim como os piratas, Miss Liu (Luana Tanaka), os índios, o núcleo de empregados da Quinta, Amália (Vanessa Gerbelli), Dr. Peter (Caco Ciocler), Cecília (Isabella Dragão), Libério (Felipe Silcler), Diara (Sheron Mennexes), Wolfgang (Jonas Bloch) e todos que fizeram parte dessa história”, lembraram Thereza e Alessandro.

Já Vinícius Coimbra ressalta o quanto foi importante levar a história do Brasil para o povo brasileiro. “Vivemos tempos marcados pela descrença, pelo desânimo com os rumos do país, e a novela retratava o nascimento dessa grande nação, tentando resgatar o orgulho de ser brasileiro. Levar isso para as pessoas foi especial”, ressaltou o diretor artístico.

Anna ( Isabelle Drummond ) (Divulgação/Globo)

Novo Mundo é escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, com Duba Elia, João Brandão e Renê Belmonte e tem direção artística de Vinícius Coimbra e direção de André Câmara, João Paulo Jabur, Bruno Safadi, Guto de Arruda Botelho e Pedro Brenelli.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais