Autores de Totalmente Demais falam sobre o desfecho do triângulo amoroso de Eliza

Os novelistas garantiram que a decisão foi unânime

Publicado há 20 dias
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A TV Globo exibe nesta sexta-feira (9) o último capítulo de Totalmente Demais, novela de Rosane Svartman e Paulo Halm que foi exibida pela primeira vez entre 2015 e 2016. Em entrevista, os autores falaram sobre a alta audiência que o folhetim conquistou na reprise.

“A novela tinha, já na época [que foi ao ar pela primeira vez], essa característica de servir como um alívio para o período que o Brasil estava vivendo, muito tumultuado. Eu acho que agora, [se repete] essa sensação de alívio, essa sensação de a novela ser um oásis no meio de tanta notícia ruim, tanto acontecimento desagradável”, declarou o novelista ao colunista Maurício Stycer, do UOL.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A gente está vivendo um período de vários acontecimentos inéditos, péssimos, e alguns surpreendentes também. Nesse caso, para mim e acho que para todos os envolvidos, foi uma grata surpresa ver que a novela dialoga com a audiência de uma forma tão potente ainda”, destacou Rosane.

Os autores revelaram que na reta final, foi unânime que Eliza (Marina Ruy Barbosa) terminaria com Jonatas (Felipe Simas), e não com Arthur (Fábio Assunção). “Isso é importante dizer. É claro que quando está fazendo, você escreve os dois para ganhar. Mas quando chegou na reta final, o final que a gente escreveu está escrito. Não tem final alternativo. Mas é claro que a gente discutia, torcia”, contou Svartman.

“Os atores deviam vivenciar essa dúvida também. A Marina, o Fabio, o Felipe. É legal quando há essa possibilidade. Porque o triângulo romântico, em geral, é um vilão contra um casal de mocinhos que tenta separá-los. Os dois eram legais, pessoas bacanas, com seus méritos, defeitos, idiossincrasias. Os dois poderiam ficar com a Elisa. E ela se apaixona pelos dois. E no final faz a sua opção”, concluiu Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais