Autora de Órfãos da Terra quer emplacar novela às 21h: “Não tenho dúvida do potencial da história”

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a estreia de Órfãos da Terra nesta semana na Globo, Duca Rachid voltou ao seu habitat natural: a faixa das 18h. A parceira de Thelma Guedes, no entanto, mira horizontes mais ambiciosos em sua carreira. Ela não esconde o desejo de ver sair do papel um antigo projeto, O Homem Errado, criado por ela e a colega para o horário nobre da emissora carioca.

A sinopse dessa história, que explora bastante o suspense psicológico, chegou a ser aprovada por Silvio de Abreu para substituir A Força do Querer, no final de 2017. Boa parte dos capítulos já estavam roteirizados, quando o diretor de dramaturgia da Globo avisou que o projeto não seria mais produzido. Escalou-se então Walcyr Carrasco para a vaga, com sua O Outro Lado do Paraíso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu, pessoalmente, gostaria muito de realizar esse projeto. Não tenho dúvidas do potencial dessa história”, revelou Thelma, em entrevista ao portal NaTelinha. “Mas não faço ideia [se será produzida ou não]. Essa é uma pergunta que só a direção artística da TV Globo pode responder.”

Órfãos da Terra, vale lembrar, por pouco não levou Thelma e Duca a outro território inexplorado por ambas. Silvio de Abreu chegou a considerar adaptar a história a uma macrossérie das 23h. Para Guedes, porém, a obra se encontra hoje em sua posição ideal.

“Pensou-se por um momento em transferi-la para o horário das 23h. Mas com isso ela perderia muito do encanto de ‘fábula da Mil e uma Noites’, que ela também tem, apesar da temática dos refugiados”, acredita.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio