Autora de A Vida da Gente fala sobre a história: “Não caducou”

A produção foi exibida pela primeira vez entre 2011 e 2012

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (1), a TV Globo inicia a reprise de A Vida da Gente, novela das 18h de Lícia Manzo que foi ao ar pela primeira vez entre setembro de 2011 e março de 2012. A autora do folhetim disse que a trama central segue interessante e viva.

“Eu ainda me interesso por isso. Hoje, se eu não tivesse escrito essa novela e tivesse a ideia de novo, de alguém entrou em coma e a vida dela seguiu, eu continuo achando a ideia interessante. A história não caducou”, declarou Lícia à jornalista Fernanda Lopes, do Notícias da TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando você faz algo que é verdadeiro pra você, as chances de comunicação se potencializam muito. O que eu quero dizer é que eu procurei ter como método me entregar, me expor, no sentido de expor meus conteúdos mais verdadeiros, coisas que me eram caras. Nesse sentido, acho que a novela tende a ser mais atemporal”, detalhou a escritora.

Vale lembrar que o enredo conta a história de Ana (Fernanda Vasconcellos), tenista que sofre um acidente e fica em coma. Ao acordar depois de anos, descobre que a irmã, Manuela (Marjorie Estiano), passou a se relacionar com o seu namorado, Rodrigo (Rafael Cardoso), e que juntos criam sua filha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio