Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Autor e diretor de O Outro Lado do Paraíso pedem para público não agredir interprete de Vinícius nas ruas

Publicado em 20/02/2018
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (20), foi ao ar o fim do julgamento de Vinícius, o pedófilo interpretado por Flávio Tolezani. Ele foi condenado, mas antes, claro, falou suas verdades e surtou.

A cena, como já era esperado, rendeu muito nas redes sociais e fez O Outro Lado do Paraíso atingir 47 pontos de audiência na Grande São Paulo segundo dados prévios.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

No entanto, dois posts específicos chamaram a atenção. Tanto o autor Walcyr Carrasco, quanto o diretor Mauro Mendonça Filho, responsáveis por um O Outro Lado do Paraíso, fizeram alertas.

Veja mais: Com julgamento de Vinícius, O Outro Lado do Paraíso explode na web e atinge 47 pontos

Em comunicados parecidos, Mauro e Walcyr pediram para que o público não confunda as coisas e não agrida Flávio Tolezani nas redes sociais, afirmando que ficção não se pode misturar realidade.

“IMPORTANTE: Vinicius é um PERSONAGEM repugnante, dá muita raiva. Mas o ator Flavio Tolezani é uma das pessoas mais doces que existem por aí. Não vamos confundir, disseminar o ódio. Se não fosse o Flávio, não seria possível prestar esse serviço. Divulguem essa mensagem de paz”, escreveu Mauro Mendonça Filho.

“Amigos, a interpretação do @FlavioTolezani como delegado Vinicius foi genial. Mas não confundam ator com personagem. Eu sou amigo dele, é um sujeito simpático e boa gente. Está em cartaz em São Paulo com a peça Carmen, no MASP, vejam esse seu outro trabalho de ator!”, pediu Walcyr Carrasco.

Veja:

 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....