Autor de Bom Sucesso produz longa-metragem: “Sairá antes de qualquer outra novela”

Publicado há 6 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta segunda (17) os autores de Bom Sucesso, Paulo Halm e Rosana Svertman, subiram no palco do Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, onde receberam o troféu APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) de Melhor Novela de 2019. Reverenciados, os profissionais esbanjaram alegria. Em entrevista concedida ao Observatório da TV, Paulo Halm ressaltou a importância do prêmio para a classe artística e para a cultura no Brasil e afirmou querer longas férias da TV para se dedicar ao cinema.

É uma honra, um orgulho ser contemplado com a APCA. É o premio mais importante do Brasil, ele é histórico, longevo, estamos muito contentes, emocionados e orgulhosos com essa premiação. E ainda mais neste momento, ter essa premiação com este cunho de grito, de resistência, de protesto, pressão e união da classe artística, como um todo, contra essa insensibilidade que o Brasil está passando, neste período que eu chamo de selvageria, de barbárie, onde a arte a cultura, a arte, o conhecimento é tão vilipendiado“, explica ele, que conseguiu atrair cerca de 45 milhões de telespectadores diariamente com a trama protagonizada por Grazi Massafera.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após um mês do fim, o novelista revelou que ainda recebe mensagens de fãs e pessoas que se envolveram com a história. “Recebo mensagens até hoje, mas estou de férias, estou progressivamente me afastando das redes sociais, onde tem mais discussões. Até para baixar um pouco a poeira e avaliar realmente como foi este retorno. Uma coisa que eu sempre quis, era que a novela despertasse um novo olhar sobre um hábito que era tão comum, o de ler e, algo maior ainda, que era de buscar o conhecimento, porém, não através dos meios oficiais da educação, como escola, universidade, mas sim através do conhecimento, da troca, de uma vivência para outra. De certa forma a novela cumpriu este papel. Se agente conseguiu atingir uma parcela deste publico para olhar o livro, a poesia, literatura, conhecimento, troca de experiencia, vivencia e empatia para o outro, independente de gênero e cor, fomos uma novela vitoriosa e o sucesso é merecido“, analisou o profissional.

Sobre seu retorno às novelas, Paulo Halm afirmou que seu foco está em seu novo projeto no cinema. “Tenho um filme para fazer, quero esvaziar minha cabeça, será um longa. Espero filmar ainda este ano antes de pensar em qualquer coisa de novela novamente“, informou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais