Ator Luiz Carlos Araújo pode ter morrido por suicídio ou asfixia acidental em prática sexual

Polícia trabalha em várias linhas para desvendar o mistério

Publicado em 16/09/2021 22:48
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A polícia de São Paulo trabalha em várias linhas de investigação para saber a causa da morte de Luiz Carlos Araújo. O ator de 39 anos era conhecido pelo personagem Valter, da novela Carinha de Anjo, do SBT.

De acordo com o delegado Roberto Monteiro, da 1ª Seccional Centro/Capital, são várias hipóteses. “Não estamos desconsiderando nenhuma hipótese. Estamos trabalhando com a hipótese de suicídio, latrocínio, crime passional… Todos os crimes podem ter ocorrido”, contou em entrevista ao Melhor da Tarde.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Roberto afirmou que a polícia adquiriu as gravações das câmeras do apartamento de Luiz, mas nada foi revelado. “Uma das câmeras estava desligada desde o mês de julho”, contou, revelando que o equipamento estava com problema de mau contato.

Cátia Fonseca perguntou se é verdade que o ator estava com um saco na cabeça no momento da morte. “Foi questionado pelos seus colegas da imprensa se o saco na cabeça não seria um homicídio. Não necessariamente. Primeiro, porque não há sinal de violência no apartamento. Estava trancado por dentro, o chaveiro teve um trabalho enorme para abrir“, destacou.

Segundo o delegado, há uma linha que é fortemente considerada. “Existe uma prática sexual que é a asfixiofilia, que a pessoa coloca um saco na cabeça para ter mais prazer sexual. Isso também não está descartado. Tem até um ator que morreu dessa forma”, revelou.

Em todo caso, a polícia espera que os laudos fiquem prontos para fazer uma investigação mais assertiva. Roberto disse que Luiz Carlos já estava morto há cerca de três dias, até amigos alertarem a polícia sobre o sumiço do artista.

O ator morava sozinho em um apartamento no bairro República, na zona central de São Paulo. Embora haja algumas hipóteses sobre a causa de sua morte, outras já foram descartadas, já que não havia sinais de violência no local.

Assista a partir dos 40 minutos:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio