José Fidalgo, par de Bruna Marquezine em Deus Salve o Rei, deixa a novela e o país: “O Brasil era um sonho”

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de viver o Constantino em Deus Salve o Rei, da Globo, José Fidalgo se despede da novela e do Brasil. O ator português terminou seus trabalhos nos Estúdios Globo e ruma à Europa, onde deve fazer mais telenovelas. Fidalgo estreou em novelas brasileira na trama das 19h, que não é um sucesso de crítica e audiência, mas, para ele, o saldo é positivo.

“Sempre tive o objetivo de tornar a minha carreira internacional. O Brasil era um sonho. É como se eu estivesse num filme, vivendo um sonho, mas estou nele, é real! Eu me sinto privilegiado por fazer essa novela”, declarou ele à revista Minha Novela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Programa especial de Sabrina Sato, com Rodrigo Faro, é criticado por exagerar no drama

Questionado dobre as diferenças entre gravar uma produção no Brasil e em Portugal, o estrangeiro explicou que a indústria de televisão brasileira é muito maior. “A questão é que aqui estão trabalhando para um produto que é visto por pelos menos 150 milhões de pessoas. Em Portugal, trabalhamos para um universo de um milhão e meio, dois já é uma festa. (…) O mundo inteiro vê o produto brasileiro, então, é normal ter um investimento maior”, argumentou.

Sobre a qualidade dos profissionais brasileiros, ele não encheu a bola da Globo, considerada uma das melhores produtoras do mundo. Ele preferiu equivaler o know-how português ao brasileiro. “Agora, a mão de obra, os técnicos, os atores, são bons em qualquer lugar do mundo, porque a gente busca especialização em lugares parecidos. A grande diferença é o brinquedo que vocês têm. É um brinquedo enorme, trabalhar nessa estrutura, é um privilégio”, afirmou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio