Ator de Chaves causa polêmica ao falar sobre coronavírus: “Covid-19 não existe”

Ator chocou com teoria bizarra sobre a pandemia

Publicado há 7 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após algum tempo afastado da grande mídia, o ator mexicano Carlos Villagrán voltou aos holofotes ao expressar sua polêmica – e bizarra – visão a respeito da pandemia de coronavírus que está afetando o mundo todo.

Durante participação no programa Sale el Sol, do canal mexicano Imagen Televisión, o intérprete do divertido Quico, no seriado Chaves, declarou acreditar que a doença não passa de uma farsa, armada pelos maçons em conluio com Bill Gates (!!!).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para mim, a covid-19 é um engano. Não existe a covid-19. É um culto da maçonaria, quem está por trás de tudo isso é Bill Gates, e tem muita gente por trás dele“, declarou o humorista, antes de dar mais detalhes sobre sua teoria.

Depois de ficarmos em casa, eles [maçons] começaram a colocar antenas para a tecnologia 5G, que se conectam a milhares de antenas colocadas em universidades, escolas, em todos os lugares, e também em satélites de baixo alcance, mais de 6 mil satélites. Eles querem fazer uma rede para que em 2030 controlem o que se chama de população mundial“, ‘explicou’.

Villagrán afirmou ainda que, não obstante sua descrença na pandemia, está cumprindo quarentena e outras medidas preventivas ‘por precaução’.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais