Assim como Glória de As Aventuras de Poliana, outros personagens que sofreram de Alzheimer nas novelas

Publicado há um ano
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Glória (Clarisse Abujamra) descobriu sofrer do mal de Alzheimer na história de As Aventuras de Poliana, novela de Íris Abravanel exibida pelo SBT. Mãe do vilão Roger (Otávio Martins) e de Marcelo (Murilo Cezar), a personagem é muito rica e influente, o que provoca a cobiça desse filho que deseja mesmo é se livrar da mãe. Vamos relembrar outros casos de Alzheimer nas novelas, como o de Glória.

Laura Cardoso já está em sua segunda personagem com Alzheimer

Matilde (Laura Cardoso) e Joana (Bruna Hamú) de A Dona do Pedaço (Reprodução/TV Globo)

A veterana atriz recentemente começou a aparecer em A Dona do Pedaço como Matilde, avó de Joana (Bruna Hamú) e portadora do mal de Alzheimer. Inicialmente a atriz estava escalada para o papel de Cornélia, que ficou com Betty Faria. Anteriormente, Laura Cardoso interpretou outra personagem que também mostrou sinais do mal de Alzheimer. Foi a Dona Mariquita de Araguaia (2010/11), de Walther Negrão. Na história, ela era a mãe adotiva de Fernando (Edson Celulari) e avó postiça do protagonista Solano (Murilo Rosa), na verdade filho de Beatriz (Eva Wilma). Ao passo que Fernando era na verdade filho de Antoninha (Regina Duarte), que morre no começo da história e havia pedido à amiga Mariquita que o criasse longe de casa, para fugir à maldade de Max (Lima Duarte) e à perseguição política do regime militar. Ademais, havia também uma maldição indígena sobre sua família, devido a conflitos dos antepassados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na recém-encerrada Órfãos da Terra, uma abordagem sensível

Mamede (Flávio Migliaccio), de Órfãos da Terra (Reprodução)

Entre as melhores “coisas” de Órfãos da Terra, cuja exibição terminou há poucos dias na Globo, com toda a certeza estiveram os idosos Bóris (Osmar Prado) e Mamede (Flávio Migliaccio). O judeu e o árabe, patriarcas de suas famílias e muito semelhantes embora tivessem diferenças entre si, estreitaram ainda mais uma amizade já plantada pela união amorosa de seus netos, Sara (Verônica Debom) e Ali (Mouhamed Harfouch).

Uma ajuda inesperada

No terço final da novela, Mamede passou a demonstrar sinais claros de demência ocasionada pela idade, depois claramente identificados como sintomas do mal de Alzheimer. Só para ilustrar, Mamede foi flagrado por Bóris na rua puxando apenas a guia de seu cãozinho Sultão, sem estar com o bichinho. Ele também se perdeu ao sair de casa e, sumido da família, acabou acolhido por um grupo de moradores de rua. Com efeito, a atuação de Flávio Migliaccio, que já era boa como estamos acostumados a ver, abrilhantou ainda mais a novela nessa fase do personagem já doente.

Na dramaturgia da Record TV, Lucinha Lins também “bisou” em Alzheimer nas novelas

Em Apocalipse, Lia
(Lucinha Lins) conta que está com Alzheimer (Divulgação/ RecordTV)

Lucinha Lins atua em novelas da Record TV desde 2008, quando foi a Vilma de Chamas da Vida, de Cristianne Fridman. Em outro trabalho da autora, Vitória (2014/15), a atriz interpretou Zuzu, casada com Manoel (César Pezzuoli) e mãe da veterinária Renata (Maytê Piragibe). O desenrolar da história revelou que Zuzu engrossaria a lista dos personagens com Alzheimer nas novelas. Posteriormente, Lucinha Lins voltou a sofrer do mal na ficção. Foi em Apocalipse (2017/18), de Vivian de Oliveira. Aqui ela foi a Dra. Lia, casada com Ruben (Norival Rizzo). A médica pesquisava os eventuais efeitos da oração e da fé no cérebro das pessoas. Ironicamente, como ela mesma não cria sinceramente em Deus, Lia desenvolveu Alzheimer… O casal integrou a primeira fase da novela, cujo protagonista era seu neto Benjamin (Igor Rickli/Pedrinho Melo).

Dois exemplos de Alzheimer nas novelas numa mesma história

Exibida em 2015 às 19h pela Globo, I Love Paraisópolis teve não uma, mas duas personagens com Alzheimer. A adorável Dona Isabelita (Nicette Bruno) foi diagnosticada como portadora da doença no terço final da história de Alcides Nogueira e Mário Teixeira. Além disso, sua filha Soraya (Letícia Spiller), vilã da novela, também passou a demonstrar sinais de Alzheimer em seu comportamento. Além do esquecimento, a irritabilidade e a apatia também devem acender o sinal amarelo. Embora Soraya fosse ainda uma mulher jovem e a doença atinja mais comumente os idosos, a situação não é surreal.

Dona Laura, símbolo do Alzheimer nas novelas

Glória Menezes foi Dona Laura em Senhora do Destino (Reprodução/TV Globo)

Glória Menezes viveu Dona Laura em Senhora do Destino (2004/05), novela de Aguinaldo Silva. Sofisticada e elegante, ícone de seu tempo, Laura era a segunda esposa do Barão de Bonsucesso, Pedro Corrêa de Andrade e Couto (Raul Cortez). Embora o passado fosse repleto de glórias, grandes festas e tudo que o dinheiro proporciona, essa vida acabou levando o Barão e a Baronesa a uma velhice desprevenida em termos financeiros. Eles eram sustentados pelo filho de Pedro, Leonardo (Wolf Maya). No decorrer da história, Dona Laura começou a se esquecer de pessoas, lugares e fatos, e logo foi diagnosticada como portadora de Alzheimer. Através da personagem, o autor apresentou o tema ao grande público.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio