Arthur Pendragon e Millena Barros comentam eliminação do Mestre do Sabor

Nesta semana, dois competidores foram eliminados do programa

Publicado há 4 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diferente das últimas semanas, que teve um eliminado por noite na etapa Na Pressão, nesta quinta-feira (11), o Mestre do Sabor se despediu de dois candidatos, o baiano Arthur Pendragon, do time de Kátia Barbosa, e Millena Barros, de Palmas, do time de Rafa Costa e Silva.

O programa começou com o desafio de trabalhar com miúdos no Menu Confiança. A vitória foi do time de Leo Paixão, que apresentou o menu Alegria dos tempos difíceis, com um Timo com Cogumelos Crus e Selados de entrada; uma Dobradinha com Lentilhas como prato principal; e um Tartelete de Fígado com Chocolate. Kátia e Rafa salvaram os chefs Dário e Gi, respectivamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na Batalha dos Cucas, prova individual, mais uma vez Kaywa Hilton, do time Rafa, teve seu prato eleito como o melhor da noite. Ele preparou um lagostim cozido com capuchinha, consomé de presunto de Parma e salada de pepino selvagem. A eliminação dos candidatos foi marcada pela emoção.

Todos os pratos foram elogiados pelos mestres, que precisaram visitar os mínimos detalhes para tomar sua decisão. Arthur Pendragon foi um dos eliminados, ao preparar um aligot de batatas com ragu de costela, shimeji, cogumelo Paris e crocante de nirá.

Millena Barros também foi eliminada. Ela preparou um pato com angu de milho verde e farofa de bacon. Na próxima semana, será a última etapa da fase Na Pressão, e mais dois candidatos serão eliminados.

Entrevista com Arthur Pendragon
 
O que significou participar do Mestre do Sabor? 
Uma honra enorme dividir a cozinha com grandes chefs de todo o país, além de ser “tutelado” por uma profissional como a Kátia, que é uma grande referência pra mim. Conhecer e interagir com Avillez, Léo, Claude e Batista também foi algo que nunca imaginei. Sendo assim, para mim, foi só gratidão e alegria ter recebido esse convite.
 
Como foi a troca com o mestre e com os outros chefs do seu time?
Maravilhosa! Kátia teve um cuidado e atenção enormes comigo, acreditou muito em minha capacidade, me impulsionou, foi essencial para o meu crescimento a cada episódio. E sobre os demais participantes, viramos uma família. São todos parceiros, a competição é apenas dentro da cozinha, mas sempre com muito respeito, cuidado e empatia com o outro.
 
Quais aprendizados você leva do ‘Mestre do Sabor’?
São tantos! Trabalho em equipe, humildade, superação. O Mestre do Sabor acabou virando uma linha divisória em minha carreira. Existe um Chef Arthur antes e depois dessa experiência.
 
Se arrepende de algo? 
De nada! Tudo e todos os momentos foram importantes e eu vivi cada minuto com muita intensidade e gratidão. Só tenho o que agradecer.
 
Quais os próximos planos?
Estudar muito, levar todos os aprendizados para a Casa do Chef, meu restaurante em Feira de Santana, e o Buffet Pendragon, meu outro negócio na cidade e assim que tudo isso passar, viajar por esse Brasil conhecendo a terra de cada participante do programa. Vai ser demais!
 
Entrevista com Millena Barros
 
O que significou para você participar do ‘Mestre do Sabor’?
Foi um dos acontecimentos mais lindos e incríveis da minha vida. Nem nos meus sonhos mais loucos eu imaginei viver isso. Conheci uma turma incrível, que ganhei de presente na minha vida: os outros participantes, os mestres, toda a equipe da Globo que cuidou da gente com muito amor. Temos que acreditar mais na gente. Saí do programa muito confiante, acreditando mais em mim e mais preparada para muitos outros desafios que virão de agora em diante.
 
Como foi a troca com o mestre e com os outros chefs do seu time?
A troca com os chefs é maravilhosa. Eles nos ensinam muito, dão muitas dicas, direcionam quando a gente está naquela loucura da cozinha tentando construir uma ideia, um prato. Eles chegam perto da gente e às vezes uma palavrinha que falam muda tudo. É muito importante essa troca na hora da prova. E é um aprendizado que vou levar comigo. Pude conversar com eles, conhecer mais cada história. E aprender, que é o mais importante.
 
Quais aprendizados você leva do mestre do sabor?
O Mestre do Sabor fez com que eu acreditasse muito mais em mim. No meu potencial, nas minhas raízes, que eu valorizasse ainda mais minha história, minha essência. Isso é muito valioso. Aprendi que minha cozinha importa, que minha história é valiosa, que o meu conhecimento conta muito. Ainda tenho um universo para descobrir. Essa experiência despertou algo em mim que estava adormecido, que é essa sede, essa vontade de ir além, de conhecer novos chefs, novas pessoas, novas cozinhas.
 
Você se arrepende de algo?
Eu não me arrependo de nada. Fui eu mesma, me diverti, chorei, fui a Millena em todas as intensidades que ela é. Coloquei no prato o que foi possível. Às vezes a gente assiste ao programa em casa e se pergunta por que não fez algo diferente. Um julgamento de nós mesmos, mas a verdade é que na hora não existe isso. A gente coloca nossa emoção, nosso coração e entrega o que consegue entregar dentro da exigência da prova, do tempo. Eu não me arrependo de nada, só gostaria que o tempo passasse mais devagar, para que a gente pudesse ter curtido mais todo mundo, conhecer um pouco mais toda aquela galera.
 
Quais os próximos planos?
Estou num momento de transição da minha loja, vamos inaugurar nos próximos dois meses. Quero também estagiar, estudar em vários outros restaurantes pelo Brasil e fora. Quero conhecer os restaurantes de todos os candidatos. Acredito que isso vai agregar muito para minha cozinha, pro meu saber. Quando a pandemia passar, quero viver experiências no exterior também.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais