Arquivos da MTV Brasil deixam a sede da emissora

Versão 'aberta' do canal foi extinta em 2013

Publicado há 4 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nem mesmo a televisão escapa da morosidade burocrática que parece ditar o tom dos mais variados processos e procedimentos relevantes em nosso país. Somente agora, após sete anos de sua extinção, a antiga MTV Brasil teve seu acervo audiovisual devidamente arquivado.

De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, cerca de 40 mil fitas betacam analógicas deixaram a velha sede da emissora – que deixou de funcionar no bairro do Sumaré em setembro de 2013 – rumo a um espaço previamente confeccionado no prédio da Editora Abril.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A transferência aconteceu entre a última sexta (3) e a segunda-feira (6). Boa parte dessa demora se deveu a questões internas de reestruturação física e laboral da companhia, que extinguiu, ao longo dos últimos anos, diversos de seus títulos e núcleos editoriais.

A ideia agora da Abril é promover a digitalização desse acervo, de preferência com algum patrocínio. O material, vale ressaltar, chegou a ser conferido para compra à americana Viacom, proprietária da marca – mas ela não manifestou interesse em adquirir tal conteúdo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais