Armando Babaioff diz que vai correr atrás de trabalho após o fim de Bom Sucesso: “Não tenho contrato fixo com a Globo”

Publicado há 9 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o vilão Diogo de Bom Sucesso, novela das 19h de Rosane Svartman e Paulo Halm que termina nesta sexta-feira (24), Armando Babaioff declarou que não vive como uma celebridade e que é um operário que precisa ralar para viver.

“Não tenho contrato fixo com a Globo. Agora, com o fim da novela, não vou tirar férias em nenhum iate de luxo ou viajar. Vou voltar para o teatro e correr atrás de trabalho para pagar as minhas contas”, afirmou o astro à Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na profissão desde a infância, o artista disse que já teve momentos de crise. “Penso em desistir todos os dias. O Brasil é um país que não tem memória e que não valoriza a sua cultura. As pessoas não veem que os artistas são os cronistas do seu tempo. Não quero ter um contrato e me acomodar como um ator de televisão. Sou um artista e desejo me expressar de todas as formas possíveis”, analisou o ator.

Com relação ao malvado do folhetim, o famoso afirmou ter se surpreendido com o carinho das crianças. “Acho que é por causa da aura de desenho animado. Ele passou a novela inteira tentando matar o Alberto (Antonio Fagundes) e não conseguiu. É praticamente o Frajola atrás do Piu-Piu”, comparou Babaioff.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais