Ariadna define sua participação no No Limite: “É uma superação e uma vitória”

Ex-participante revela que quer servir de exemplo para outras pessoas trans

Publicado em 5/26/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ariadna ainda é a única mulher trans na história do BBB e agora do No Limite. Apesar de ter ficado por pouco tempo nas duas atrações, ela é uma participante que sempre é lembrada por sua participação nas duas atrações, seja por esse fato ou personalidade marcante ou história de vida.

Sobre o rótulo de ser a única trans no programa, ela revelou que: “Não gosto desse rótulo, mas ser a primeira mulher trans que participou do No Limite inspira outras mulheres, que sentem dificuldade de chegar em algum lugar. Não desistam. Isso é uma superação e uma vitória para mim e para tantas outras pessoas. Só tenho a agradecer”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ariadna ainda revelou para quem está torcendo no No Limite: “Estou torcendo muito pelo Chumbo e pela Paula. Ela é muito raçuda. Merece muito. Eu o amo mais, mas ela tá em primeiro lugar”. Sobre Paula ela ainda disse, no Encontro com Fátima Bernardes que gostaria de ser como ela.

“Eu queria ser a Paula, é minha meta de vida. Paula é a minha aposta para levar o prêmio” e ainda teceu elogios aos colegas com quem teve um atrito: “[Lucas] Chumbo é um grande parceiro, um irmão que a vida me deu, e o Gui [Gui Napolitano] é muito acolhedor“, finaliza, de acordo com o site Gshow.

A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio