Apresentadores do Fantástico podem ter salários reduzidos em até 90% na Globo; entenda

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os tempos de gordos salários na Rede Globo estão cada vez mais perto de entrarem em extinção. De acordo com informações do portal NaTelinha, a emissora estuda determinar em breve uma drástica redução na base salarial paga aos nomes do departamento de jornalismo da casa.

O plano da emissora é fixar os vencimentos de jornalistas que exercem a função de apresentadores entre R$ 30 e R$ 50 mil. Caso essa ideia seja levada adiante, diversos medalhões do setor na emissora carioca verão seus ganhos mensais na emissora caírem vertiginosamente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É o caso, por exemplo, de Poliana Abritta e Tadeu Schmidt. A dupla de apresentadores do Fantástico percebe, cada um, R$ 200 mil. Com a nova regra em vigor, eles passariam a receber, no máximo, 25% do que ganham hoje. Na pior das hipóteses, a redução salarial poderia chegar a quase 90%.

William Bonner, do Jornal Nacional, a princípio se veria ainda mais prejudicado. Afinal, o ex-marido de Fátima Bernardes ostenta R$ 600 mil mensais em sua folha de pagamento. Ele, porém, não corre esse risco, já que será uma das poucas exceções a não serem obrigadas a dançar conforme o novo ritmo.

A Globo entrou em contato com o Observatório da Televisão, e negou a informação. “É simplesmente mentira”, afirmou o departamento de comunicação da emissora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais