Apresentadora é rebaixada para reportagem e gera mal-estar na Record

Publicado há 3 anos
Por Rick Souza
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O clima nos bastidores do Fala Brasil vai de mal a pior: depois do sumiço de Salcy Lima, escalada para apresentar o jornal no último sábado (27), a equipe do noticiário está tendo que lidar com o retorno de Carla Cecato, remanejada ao seu posto original depois da extinção do SP Record. Com o retorno de Carla, Larissa Alvarenga, que apresentava o telejornal desde junho do ano passado, voltou para o posto de repórter dos matinais da emissora – Balanço Geral Manhã, São Paulo no Ar, o próprio Fala Brasil e o Hoje em Dia.

A equipe do Fala Brasil não gostou nada do retorno de Carla: considerada como uma profissional difícil de se lidar nos bastidores, ela já protagonizou as mais diversas confusões. A mais célebre aconteceu em 2012: minutos antes de entrar no ar, ela discutiu com Roberta Piza (que voltou a ser sua colega de bancada) por conta de Carminha, personagem de Avenida Brasil, novela da Globo que era fenômeno naquele ano. Abalada, Roberta teve uma crise de choro menos de cinco minutos antes do noticiário entrar no ar e teve que ser substituída às pressas por Thalita Oliveira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Apresentadora da Record falta sem avisar e provoca correria na redação

Larissa Alvarenga foi alçada ao posto de âncora do noticioso matinal no final do primeiro semestre de 2017 e foi alvo de críticas internas por ser casada com Roberto Munhoz, editor-chefe do telejornal. O comentário interno era de que ela só conseguiu o posto por ser casada com ele, já que a substituta imediata de Carla Cecato naquela época era Salcy Lima, já titular do bloco de esportes do Fala Brasil, enquanto Larissa só havia apresentado uma vez, numa edição de sábado.

No ar, o mal-estar com a troca de âncoras foi evidente: Carla teve que chamar um link feito por Larissa, que não disfarçou o incômodo em voltar pra reportagem. As redes sociais não perdoaram. Veja:

https://twitter.com/oliveirabiiel1/status/957951705387331584

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio