Apresentadora Adriana Araújo deixa o Jornal da Record

Repórter Christina Lemos assume a bancada do noticiário

Publicado há 4 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Record TV promoveu mudanças consideráveis na edição principal do Jornal da Record. A âncora Adriana Araújo deixou a apresentação e a repórter de Brasília Christina Lemos é a nova apresentadora, a partir de 22 de junho.

Adriana Araújo está na bancada do noticiário, desde 2014, quando a jornalista Ana Paula Padrão deixou a emissora. Antes, vale lembrar, ela comandou o JR de 2006 a 2009, quando o programa passou por uma reformulação para ficar mais parecido com o Jornal Nacional, da Globo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com o site r7, Adriana passa a apresentar o semanal Repórter Record Investigação, que tem nova temporada prevista para julho. É importante pontuar que Christina Lemos tem longa experiência na cobertura política em Brasília.

Antes mesmo da chegada de Adriana Araújo à Record, ela já era uma das principais repórteres de política. Nos últimos anos, cobriu todos os principais fatos políticos para o Jornal da Record.

Christina Lemos, nova âncora do Jornal da Record (Reprodução)

Como mencionado anteriormente, não é a primeira vez que a Record TV tira Adriana Araújo do seu principal produto jornalístico. Com a contratação de Ana Paula Padrão, ela ganhou a oportunidade de se tornar correspondente da emissora nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Durante o período, ela cobriu as grandes histórias do planeta, como a política americana, Jogos Pan-Americanos e Jogos Olímpicos. Quando retornou ao Brasil, se tornou repórter especial do Domingo Espetacular, quando a atração tinha considerável audiência, e cobriu, por exemplo, o emocionante resgate dos mineiros chilenos.

O afastamento de Adriana Araújo ocorre depois de informações de bastidores darem conta de que ela não estaria satisfeita com a posição editorial do Jornal da Record, que é alinhada ao governo de Jair Bolsonaro, positivando notícias negativas. Fala-se que o destino dela seria a CNN Brasil. Tudo extraoficialmente, claro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais