INVESTIGAÇÃO

Após prisão, José Dumont revela motivo de guardar pornografia infantil em sua casa

Segundo o ator, ele estava estudando o material para um novo trabalho na TV

Publicado em 16/09/2022

Nesta sexta-feira (16), o ator José Dumont, de 72 anos, preso por armazenar conteúdo de sexo infantojuvenil em sua residência, revelou às autoridades o motivo pelo qual guardava este tipo de conteúdo. De acordo com o relato divulgado pelo jornal Extra, o ex-funcionário da TV Globo afirmou que estava estudando este tipo de material para a temática de um novo trabalho.

No depoimento prestado à polícia, Dumont afirmou que as imagens integravam um material de “estudo para a futura realização de um trabalho acerca do tema, sem tabus ou filtros”. Ele ainda reforçou ter conhecimento que o conteúdo é ilegal, mas que estava estudando o material como método de consulta para o novo projeto.

Ainda segundo o relato do ator de 72 anos divulgado pela publicação, ele nega ter produzido qualquer tipo de conteúdo explícito ao lado de menores de idade e que não frequentava nenhum grupo digital que compartilhasse secretamente este tipo de material. José Dumont também teria afirmado que jamais comprou ou vendeu pornografia infantil.

José Dumont teve sua prisão decretada na quinta-feira (15), depois de uma operação em sua casa onde foram encontrados materiais de pornografia infantojuvenil. A polícia havia decidido investigar a conduta do ator após vizinhos denunciarem que ele teria beijado e feito carícias íntimas em uma fã de 12 anos.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade