Após polêmica, Globo assume que vai convidar o ex-presidente Lula para o Conversa com Bial

A emissora afirmou que está negociando com o político

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A polêmica censura a uma fala de Luana Carvalho sobre o presidente Lula no Conversa com Bial repercutiu e obrigou a Globo a se posicionar. A filha da cantora Beth Carvalho detonou o programa ao ver que sua declaração foi cortada.

Na ocasião, gravada dia 29 de abril e exibida na edição do dia 6 de maio, Luana fez um apelo para que o ex-presidente participe da atração. “Seria legal se essa homenagem se estendesse a uma entrevista com Lula, sem polígrafo“, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entretanto, a defensora do Partido dos Trabalhadores (PT) relatou em seu Twitter que a edição picotou sua fala. “A entrevista no Conversa com Bial foi linda, a homenagem à minha mãe bem feita e merecida. Mas cortarem a parte em que digo que homenagem mesmo a ela seria ele entrevistar o Lula sem polígrafo, é censura e fere o legado político prioritário na carreira de Beth Carvalho, postou.

Após a reclamação de Luana, a Globo se pronunciou, negando censura e afirmando que pretende convidar Lula para uma entrevista no Conversa com Bial.

“Durante o papo no Conversa com Bial, quando a entrevista já tinha terminado, Luana Carvalho manifestou o desejo de que Pedro Bial entrevistasse o presidente Lula. A resposta do apresentador foi de que existia não só a vontade, mas como uma negociação em andamento para que a entrevista fosse realizada”, relatou.

Segundo a emissora, a ideia era não antecipar a informação para o público. “Após a entrevista, o programa teve o cuidado de entrar em contato com Luana para explicar que não iria incluir o trecho citado acima, pois não queria antecipar a informação sobre a negociação e, caso o convite fosse aceito, a comunicação para o público deveria ser feita pelo próprio programa”, diz o comunicado.

A Globo afirmou ainda que é normal as entrevistas serem editadas e que não houve censura, ao contrário. “A menção ao posicionamento político da entrevistada, inclusive, foi exibido em outros momentos, mais precisamente no minuto 9:50 da entrevista”, declarou.

Luana Carvalho e Pedro Bial (Foto: Reprodução/TV Globo)

Entenda a polêmica

Vale destacar que a ideia de Luana foi baseada em uma referência a uma resposta de Bial durante o Manhattan Connection, da TV Cultura, em abril. 

Na oportunidade, ele afirmou que só entrevistaria o ex-presidente se um detector de mentiras (polígrafo) o auxiliasse. Após ser duramente criticado nas redes sociais, o apresentador revelou em um artigo que tem mágoa do político.

Lula o acusou de grosseiro após uma entrevista ao Fantástico, em 2005, e o fato desagradou Bial. “Mentiu a meu respeito”, afirmou.

As informações são do portal Na Telinha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio