Após Dancing Brasil e The Four, Beto Marden agora integra o jornalismo da Record TV

Publicado há um ano
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador Beto Marden, que esteve durante 13 anos no SBT, há quase um ano na Record TV, acaba de abraçar mais um desafio, ele assinou com o departamento de Jornalismo da emissora, a convite de Antonio Guerreiro.

Marden, conforme seu perfil, fará reportagens de entretenimento e entrevistas com famosos. Na Record TV ele esteve no Dancing Brasil, fez reportagens para The Four, e gravou episódios de uma série de viagens internacionais para o PlayPlus (serviço de streaming do grupo Record).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele, que também é jornalista e economista por formação, também é requisitado no mercado corporativo, onde segue atuando como mestre de cerimônias em eventos.

Beto Marden relembra Ídolos e fala sobre Lígia Mendes: “Presente que o SBT me deu”

Após quase 13 anos da estreia de Ídolos no Brasil os apresentadores Lígia Mendes e Beto Marden continuam marcando a televisão brasileira com seus respectivos trabalhos. Atualmente Lígia pode ser vista no Tricotando, atração de fofocas da RedeTV!.

Beto, após uma sequência de trabalhos no SBT, firmou seu primeiro trabalho na RecordTV em 2018 onde esteve como participante do Dancing Brasil. O ator e apresentador concedeu uma entrevista ao Observatório da Televisão e falou sobre sua amizade com a contratada da RedeTV! e relembrou o reality musical que marcou história no SBT.

Ídolos

O Ídolos me marcou, sem dúvidas. O mais louco é pensar que foi em 2005. Fazem 13 anos. Primeira vez estreando na TV aberta, foi sem duvida experiência na TV aberta mais incrível. Foi o que aconteceu de mais maluco e mais legal.”

Lígia Mendes

“Melhor amiga. Se tem algo que eu ganhei no SBT, além do privilégio de poder fazer TV aberta, foram grandes amigos. Tenho muita gratidão por tudo que aprendi e conquistei e a Lígia é uma dessas coisas. Fui padrinho do casamento dela, a gente se vê direto. Tomamos café juntos, às vezes na casa dela, outras na minha. Uma das primeiras pessoas que soube do Dancing foi ela, do Tricotando fui eu.

A gente se chama de irmão. O mais louco é que ela encontrou um formato que nem ela esperava ser tão apropriado. A gente conhece ela da rádio há 10 anos fazendo o Missão Impossível, ali ela é 100% ela, perfeita, cabe muito bem. E o Tricotando caiu para ela como uma luva. É legal dizer que eles (Lígia e Franklin) estão imprimindo uma identidade e a química deles é muito visível. Lígia e Franklin chegaram com tudo.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio