Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
PROBLEMA CARDÍACO

Após cateterismo, Geraldo Luís fala sobre seu estado de saúde: “Sensação muito ruim”

O exame revelou placas de gordura em suas artérias do coração

Publicado em 21/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Geraldo Luís precisou ser internado às pressas em razão de dores no peito. O apresentador, que é diabético, realizou um cateterismo que revelou placas de gordura em suas artérias do coração. Medicado, ele recebeu alta neste sábado (20).

Neste domingo (21), o apresentador contou que as sequelas da covid-19 agravam seu problema cardíaco e resultou em sua ida ao Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. “Os médicos fizeram um cateterismo para saber o que estava acontecendo e descartar a possibilidade de um infarto. Eles comprovaram que eu tenho placas de gordura nas coronárias, e a Covid pode ter agravado [o quadro]“, relatou o apresentador do Balanço Geral em live no Instagram.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Os profissionais da unidade médica o alertaram ainda sobre a possibilidade de precisar colocar stents nas artérias, com o objetivo de liberar o fluxo de sangue. Mas um tratamento menos invasivo também pode funcionar. “Mais uma vez foi a presença de Deus, de Jesus, porque não precisou colocar o stent, que é uma molinha que vai por esse buraquinho, esse caninho que furaram aqui, até o coração”, disse, ao mostrar seu curativo.

Geraldo disse também que procurou ajuda médica após se sentir mal durante a semana. “Não tenho mais vinte anos de idade. De uma semana para cá, comecei a ter uma canseira absurda. Pensei que fosse a diabetes, que realmente estava descompensada. Na quarta, a minha pressão deu uma subida séria e, na sexta, senti um mal-estar e uma sensação muito ruim. Imediatamente liguei para minha médica e fui para o hospital”, pontuou.

Com isso, ele terá que realizar reeducação alimentar e seguir com o uso de medicamentos. “Se eu não cuidar dessas placas, que já estão entre 25 e 30%, elas podem aumentar, entupir as artérias e culminar em um infarto”, lamentou.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....