Após Branca de A Escrava Isaura, Renata Dominguez virou ‘queridinha’ na Record TV

Atriz, que chegou à emissora de Edir Macedo após Malhação, fez 6 novelas e uma minissérie no canal

Publicado há 5 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar em sua quarta reprise na Record TV, A Escrava Isaura pode ser considerada um divisor de águas na carreira de Renata Dominguez, a Branca da trama inspirada na obra de Bernardo Guimarães.

A vilã, que foi o primeiro papel da atriz na emissora de Edir Macedo, abriu caminho para uma sequência de personagens memoráveis em sua carreira, que começou como apresentadora no Equador e chegou ao Brasil por meio da Solene, nas temporadas de 2001 a 2003 em Malhação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com o jornalista Julian de Alencar, do Agora, da Folha, em 2006, Renata foi levada para o canal da Barra Funda pelo autor Tiago Santiago, que integrava a equipe da novelinha teen da TV Globo.

Ao ser escalada para A Escrava Isaura, ela também já conhecia Herval Rossano, diretor do folhetim, devido aos testes para Vale Todo, versão internacional do enredo global de Gilberto Braga e Aguinaldo Silva, para o qual fez testes.

Com o sucesso da megera, que atormentou a vida de Isaura (Bianca Rinaldi) e Álvaro (Theo Becker), a atriz seguiu com o novelista na Record TV vivendo, no ano seguinte, a patricinha Paty Lopo em Prova de Amor.

Renata Dominguez como Patty Lopo em Prova de Amor (Foto: Reprodução/Record TV)

Tendo cativado o público, em 2006 ela ganhou sua primeira protagonista na casa nova: Cecília, par romântico de André Bankoff em Bicho do Mato, novela de Cristianne Fridman e Bosco Brasil.

Renata Dominguez como Cecília em Bicho do Mato (Foto: Reprodução/Record TV)

No ano seguinte, foi a vez de Renata voltar a brilhar como vilã. Dessa vez, a atriz deu vida a Valquíria, megera da trama central de Amor e Intrigas, trama escrita por Gisele Joras em sua estreia na Record TV.

Renata Dominguez como Valquíria em Amor e Intrigas (Foto: Reprodução/Record TV)

De volta à parceria com Tiago Santiago, em 2009 ela protagonizou, ao lado de Luciano Szafir, sua última novela no canal: Promessas de Amor, trama final da trilogia de Os Mutantes.

Renata Dominguez e Luciano Szafir em Promessas de Amor (Foto: Divulgação/Record TV)

Tendo feito cinco novelas na emissora, Renata se despediu da teledramaturgia do canal em 2012 também com destaque, ao encarnar na telinha Bate-Seba, a Rainha de Israel e Judá em Rei Davi, minissérie bíblica de Vivian de Oliveira.

Renata Dominguez como Bate-Seba em Rei Davi (Foto: Divulgação/Record TV)

O auge da atriz na Record TV foi, sem dúvidas, elemento indispensável para que ela retornasse à TV Globo, em 2016, onde atuou em Malhação, Sol Nascente e Deus Salve o Rei.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais