Após agressão, Rogério implora o perdão de Paula: “Foi um acidente!”

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chegou a hora do ‘vai ou racha’ para o romance de Ana Paula (Ana Brenda Contreras) e Rogério (Jorge Salinas) em A Que Não Podia Amar. Após agredir acidentalmente a esposa com seu chicote, o dono da Fazenda do Forte vai se desesperar e implorar pelo perdão da irmã de Miguel (Osvaldo Benavides).

“Eu não queria te bater. Jamais voltaria a te levantar a mão”, tenta justificar o vilão redimido. “Não, Rogério! Não te perdoo! E não sei se algum dia poderei te perdoar”, responde Paula, decidida. “Você sabe que foi um acidente! Eu não queria bater em você!”, insiste o pai de Marquinho (Juan Bernardo Flores).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A enfermeira recorda que, desde que sua cirurgia na capital fracassou, Rogério teima em tratar da pior maneira todas as pessoas que o amam e colaboram com ele. “Seus funcionários foram embora. Você quase perdeu seu filho. Me diga: o que você está esperando para reagir, Rogério?”, cobra Paula.

O cadeirante, porém, não dá o braço a torcer mesmo diante de todos os alertas de sua esposa. “Com essa atitude você não vai chegar a lugar nenhum! E quer saber? Enquanto não reagir, não quero saber nada de você! Vai embora! Sai do meu quarto!”, exige a sobrinha de Rosaura (Ana Bertha Espín).

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Que Não Podia Amar

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais