VIDA PESSOAL

Ao vivo, Datena assume ter superado vício em álcool: “Era cachaceiro”

Apresentador falou sobre sua experiência negativa com o consumo de bebidas

Publicado em 24/09/2021

Em sua tradicional conversa com Cátia Fonseca antes de começar o Brasil Urgente, na Band, José Luiz Datena revelou ter enfrentado problemas com bebidas alcoólicas em uma época de sua vida.

O tema entrou em discussão após a apresentadora do Melhor da Tarde ter dito que nunca usou qualquer tipo de droga. Datena resolveu falar sobre sua experiência. “Eu bebi demais na minha vida e me arrependo. Eu não me arrependo tanto, é mais o meu fígado, o meu rim, o meu pâncreas“, explicou o comunicador.

“O que eu me ferrei com bebida… Deus me livre guarde. Eu era cachaceiro mesmo”, assumiu Datena, em tom de lamentação, mas ainda assim descontraindo. Cátia, por sua vez, justificou a distância de cigarros, bebidas alcoólicas ou outras drogas por “puro medo”.

Logo depois, Datena ainda citou as campanhas que o governo costuma fazer para alertar a população para ilustrar o que houve consigo mesmo. “O Ministério da Saúde não precisa me avisar que beber faz mal. Eu mesmo aprendi e da pior forma. Beba com moderação e se beber, não dirija”, pontuou o veterano da TV.

Recentemente, Datena negou a informação sobre o fim do Brasil Urgente.Eu tava conversando com o Johnny que saiu uma reportagem que se eu fosse candidato a qualquer coisa, a Band teria o objetivo de acabar com o programa, porque é 20 anos que é líder da casa e seria ligado a mim. Coisa nenhum. O Johnny acabou de confirmar que mesmo que se eu saia candidato de alguma coisa o “Brasil Urgente” vai seguir na tela da Band. Continua com outra pessoa”, afirmou ele, ao vivo, em um dos programas.