Andressa Urach é demitida pela Record TV e ataca Igreja Universal nas redes sociais

"Levaram tudo o que eu tinha", disse loira sobre a igreja

Publicado há 20 dias
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A apresentadora Andressa Urach não faz mais parte do casting da Record TV. A gaúcha de 33 anos confirmou nesta sexta-feira (13), por meio de suas redes sociais, que acaba de ser demitida pela emissora de Edir Macedo, para a qual trabalhava desde fevereiro de 2015.

Na mesma postagem feita no Instagram, ela relacionou seu afastamento da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) à decisão da Record TV e de dispensá-la e fez sérias acusações contra a instituição religiosa. “Parabéns, Igreja Universal, por levar minha alma ao inferno!“, escreveu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de seis anos de lavagem cerebral, em que me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus… Me levaram praticamente tudo que eu tinha. Foi mais de R$ 1,5 milhão e meio que doei nesses últimos anos para a instituição – fora o meu amor e tempo que dediquei, como todos sabem. E agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record“, declarou Urach na rede social.

Andressa já havia tecido críticas à IURD no final do mês passado, quando revelou ter rompido com a denominação e ter ‘se sentido usada’ por lá. A loira pode migrar em breve para a Rede Globo, de quem recebeu convite para integrar a ala famosa do Big Brother Brasil 21.

Procurado pela reportagem do Observatório da TV, a Igreja Universal do Reino de Deus ainda não se manifestou a respeito do assunto. Se o fizer, esta nota será atualizada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio