Andrea Beltrão faz um balanço do trabalho em Hebe e elogia apresentadora: “Que mulherão!”

A atriz foi indicada ao Emmy Internacional pela série

Publicado há um mês
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quinta-feira (01), a Globo exibe o último episódio da série Hebe. Foram dez semanas acompanhando a vida da grande dama da televisão brasileira, desde a adolescência até os seus últimos dias de vida.

No último capítulo, a série narra fatos importantes, como a morte de seu segundo marido, Lélio Ravagnani (Marco Ricca) e a homenagem recebida no programa Domingão do Faustão. Andrea Beltrão, que interpretou a loira na fase adulta e está indicada ao Emmy Internacional 2020 pelo papel, fala da saudade que sente desse trabalho e conta qual é a mensagem que espera que Hebe deixe para o público.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como foi acompanhar a exibição da série na TV aberta, ainda mais agora que você tem perfil em rede social?

Adoro assistir aos programas na TV, na hora em que vão ao ar, ouvir as televisões dos vizinhos, é muito divertido. Na rede social, onde sou novata e ainda estou me “encontrando”, foi muito legal. Puder fazer várias homenagens para Hebe, para o elenco, para a equipe, e mostrar algumas fotos dos bastidores, que são sempre saborosas e mostram um pedacinho do nosso trabalho. Os comentários foram super carinhosos, sempre. A Hebe era, é, e sempre será muito querida. Peguei uma carona no brilho dela.

Assistir ao último episódio indicada ao Emmy tem um gostinho diferente?

Ah, tem sim, porque essa indicação é muito importante, não só para mim, mas para todos nós que trabalhamos neste ofício de contar histórias, de mostrar nossa cara, nossa vida, falar da nossa realidade, das coisas que nos dizem respeito. Falar da nossa aldeia é falar para muitos.

O que mais te deixa saudade desse trabalho?

Tudo me deixa com saudade. As pessoas, os cenários, as roupas, o sotaque, o jeito Hebe de ser, e a história dela. Outra coisa que me traz muita saudade é a ligação com a figuração, que fazia as cenas de palco comigo. Eles foram importantes e muito atenciosos, me ajudaram demais, e sem a animação deles nas gravações, as cenas de plateia simplesmente não existiriam.

Que mensagem você espera que a história da Hebe deixe para o público?

Ela dizia uma coisa simples, mas que adoro: “Viva cada minutinho da sua vida. Com paixão”. E ela fez isso como ninguém. Que mulherão essa tal de Hebe Camargo! E, agora, um pedacinho dela mora dentro de mim.

Último episódio

No episódio desta quinta, dia 1º, além da morte de Lélio (Marco Ricca) e a despedida de Hebe (Andrea Beltão) a seu grande companheiro de vida, o público vai conferir os bastidores da gravação do último disco da apresentadora; uma entrevista que ela fez com Roberto Carlos em que os dois cantas juntos a música Você não sabe; e a festa de aniversário surpresa que Hebe ganhou nos seus 83 anos, em que amigos como Jô Soares, Marília Gabriela e o próprio Roberto estiveram presentes.

Hebe vai ao ar após A Força do Querer. Original Globoplay, desenvolvida pelos Estúdios Globo, a série é criada e escrita por Carolina Kotscho, tem direção artística de Maurício Farias e direção de Maria Clara Abreu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais