André Bankoff defende personagem de Jezabel: “Ele acreditava estar correto”

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

André Bankoff vai dar o que falar na próxima série bíblica da Record, Jezabel, que estreia no dia 23 (terça-feira) como substituta da novela Jesus. Em entrevista ao portal UOL, o ator revelou que discorda da visão bíblica a respeito de seu personagem, o rei Acabe, esposo da protagonista-vilã Jezabel (Lidi Lisboa).

“Eu defendo muito o Acabe. Ele foi o pior rei porque ele cedeu à vontade de Elias? Na visão terrena dele, ele estava correto, ele acreditava naquilo. Elias fala de uma forma espiritual. As pessoas vão ver uma coisa totalmente diferente do que acham que foi”, prometeu o ator, que estreou na emissora em Bicho do Mato (2006).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O Acabe não é o rei radical, ele respeita a cultura de todos os povos. O Acabe que eu faço é inteligente, estrategista, que faz uma aliança política. Acho que pode trazer para os dias de hoje. A gente vive em uma sociedade totalmente machista, isso tem que ser uma briga constante. Naquela época você tem uma mulher que faz a opinião ser ouvida. Sim, o Acabe é um rei que pratica a tolerância, o respeito”, acredita.

Na visão de Bankoff, posturas como o a de Acabe estão desafortunadamente em falta nos governantes atuais. “Faltam governantes que respeitem a sociedade, o povo, que sejam menos corruptos, bandidos, eles tem que trabalhar de terça a sexta. Chegam na quarta e vão embora na quinta. Acho que faltam governantes que tenham vergonha na cara”, conclui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio