Ana Lúcia Torre elogia Verdades Secretas: “Teledramaturgia muito ousada”

A atriz vive Hilda, a avó de Angel na trama de Walcyr Carrasco

Publicado em 09/11/2021 20:16
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Verdades Secretas, Ana Lúcia Torre vive a professora aposentada Hilda, avó de Angel (Camila Queiroz). Uma mulher simples, que zela pelo bem-estar da família, como tantas outras que existem por aí.

Mas interpretar essa personagem comum marcou de forma especial a consolidada carreira da atriz. “Verdades Secretas foi um divisor de águas, de uma dramaturgia ousada, e ter a possibilidade de fazer parte dessa história escrita por Walcyr Carrasco, um autor que já trabalhei várias vezes, foi muito especial”, diz a atriz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ana Lúcia conta que na época em que a novela foi exibida originalmente as abordagens do público eram constantes. “Eu era muito abordada nas ruas, e sou uma pessoa que sai pelo entorno da minha casa. Eu converso com a funcionária da lavanderia, costumo bater altos papos com os caixas de supermercado, com o sapateiro, tenho esse hábito de conversar com as pessoas. E essa foi a minha grande surpresa: como todo mundo embarcou nessa trama, apoiou e comentou o tempo inteiro”, conta a atriz.

Este mês Ana Lúcia estará no ar em mais uma novela, com uma personagem bem diferente da Hilda de Verdades Secretas. Ela faz parte do elenco da próxima trama das sete Quanto Mais Vida, Melhor! como Celina, uma psicanalista controladora, que inferniza a vida do filho Guilherme (Mateus Solano) e da nora Rose (Bárbara Colen).

Na entrevista abaixo, a atriz conta mais sobre Verdades Secretas e o novo trabalho.

Como foi a construção da Hilda?

Minha personagem é uma pessoa simples, aposentada. Ela foi a mulher que esteve sempre ao lado da neta e que se sente responsável também pela criação dela. É uma personagem muito comum de se encontrar hoje em dia em qualquer família. Então não fiz um trabalho específico para interpretá-la, mas por ser uma mulher do cotidiano, de muita vivência, e de todos termos alguém assim na família, se é que não somos isso, eu fui compondo uma pessoa simples, atenciosa, que gosta de agradar sempre e de encaminhar o melhor possível a neta, e aos poucos ela veio vindo.

De que forma esse trabalho marcou sua carreira?

A Hilda marcou minha carreira como eu, Ana Lúcia, fazendo parte de Verdades Secretas, um divisor de águas, de uma dramaturgia ousada. Ter a possibilidade de fazer parte dessa história encabeçada por Walcyr Carrasco, um autor que já trabalhei várias vezes e tenho afinidade com a linguagem, foi muito especial.

Qual é a principal lembrança que você tem do período de gravação?

A lembrança que eu tenho desse período é de que nós estávamos realmente fazendo uma teledramaturgia muito ousada. No início estávamos bem apreensivos de como isso seria recebido pelo público. O que me foi mais gratificante foi ver como o público entrou de cabeça nessa novela, apoiou e comentou o tempo inteiro. Acredito que o êxito dessa história foi trazer à tona uma realidade que muita gente não conhecia.

O público a abordava muito nas ruas por conta da trama quando ela foi exibida originalmente?

Eu era muito abordada nas ruas, e sou uma pessoa que sai pelo entorno da minha casa. Eu converso com a funcionária da lavanderia, costumo bater altos papos com os caixas de supermercado, com o sapateiro, tenho esse hábito de conversar com as pessoas. E essa foi a minha grande surpresa: como todo mundo embarcou nessa trama.

Você está revendo a novela? E o que achou de a trama ter tido uma continuação com Verdades Secretas 2?

Claro que estou assistindo, com o maior prazer. Quando estava gravando Verdades Secretas as pessoas me paravam na rua para comentar quando viria Verdades Secretas 2. Desde aquela época a continuação é esperada pelo público com ansiedade e com vontade.

Você está no elenco da próxima novela das sete Quanto Mais Vida, Melhor! com uma personagem bem diferente da Hilda. Conte um pouco sobre o novo trabalho.

É uma trama interessantíssima, que traz um tema diferente, abordado de uma forma leve e divertida como pedem as novelas das sete, mas com bastante realidade. Terei pela primeira vez a grande surpresa de assistir ao trabalho depois de ter sito feito, porque antes da pandemia a gente ia assistindo ao mesmo tempo em que estava fazendo, é uma emoção ver como é que vai resultar esse trabalho novo.

Verdades Secretas é escrita por Walcyr Carrasco, com direção de núcleo de Mauro Mendonça Filho e direção geral de André Felipe Binder, Natália Grimberg e Mauro Mendonça Filho, direção de Allan Fiterman, Mariana Richard e André Barros. A obra vai ao ar às segundas após Um Lugar ao Sol, às terças e quintas depois de The Voice Brasil e às sextas após o Globo Repórter.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio