POLÊMICA

Ana Clara se posiciona no Túnel do Amor após ouvir comentário de participante sobre preferência por pessoas brancas: “Tem questões que não podemos ignorar na vida”

Apresentadora precisou intervir no reality após fala problemática de Vini

Publicado em 12/05/2023

Nesta quinta-feira (11), a apresentadora Ana Clara, que comanda o reality show de pegação Túnel do Amor, do Multishow, precisou intervir em uma situação delicada após ouvir uma conversa dos participantes envolvendo preferência por conta do tom da pele. A comunicadora, então, se posicionou no reality e alertou sobre o preconceito racial enraizado em certos comportamentos.

“Quando falaram que ele beijou a amiga dela, Vick, né, linda a amiga. E não é o perfil dele, preta. E eu falei: ‘car*lho, mano, beijou outra preta?’. O moleque tá realmente envolvido ali, se entregou legal”, disse Vini sobre o beijo entre Bruno e Vick.

Incomodada com as palavras do colega de confinamento, Pâmella foi no quarto chorar e Vini tentou justificar a sua frase problemática. “Escutar umas coisas que doem”, disse ela. “Eu não falei na maldade. Eu tô sendo sincero, não é o perfil dele”, rebateu o rapaz.

Por conta do episódio, a apresentadora Ana Clara decidiu chamar a atenção dos participantes e destacou a fala problemática dita por Vini na atração.

“Não tem como a gente não falar sobre isso hoje. Tem questões que a gente não pode ignorar na vida, nem aqui dentro do experimento, nem em lugar nenhum. Esse papo de ‘ai, meu gosto é assim’, faz muita gente pensar como são criados os tipos. Será que a gente nasce e olha para um tipo de pessoa, uma cor de pele, um tipo de cabelo, um corpo e fala: ‘meu tipo’? Ou será que a gente vai construindo isso ao longo da vida?”, disparou Ana Clara durante o programa.

A apresentadora completou afirmando que a produção do Túnel do Amor está atenta ao comportamento dos participantes e que não será admitido nenhum tipo de preconceito no programa.

“A produção do Túnel do Amor tá atenta à complexidade do assunto que a gente tá vivendo e, principalmente, ao limite do que é tolerável”, completou Ana Clara.