Amigos desde Carrossel, Larissa Manoela lamenta a morte de Arnaldo Saccomani: “Eterna gratidão!”

O produtor musical de 71 anos tinha insuficiência renal e diabetes

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Larissa Manoela usou suas redes sociais para expressar seu luto pela morte do produtor musical Arnaldo Saccomani, com quem trabalhou em várias oportunidades desde Carrossel, em 2012, quando gravou Beijo Beijinho Beijão. ‘Te carrego no peito, eterna gratidão”, escreveu ela em uma publicação ao lado dele, dos tempos da novelinha infantil.

“Hoje o dia acordou triste, meu querido produtor musical fez a passagem dele! Mas o meu sentimento é de total gratidão a ele que foi a pessoa que me deu a oportunidade de gravar a minha primeira música e meu primeiro CD”, contou ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Arnaldo Saccomani confiou em mim e entregou a música “Beijo Beijinho Beijão” para eu interpretar na trilha sonora de Carrossel. Desde lá surgiu uma união, cumplicidade e respeito de intérprete e produtor musical. Meu eterno carinho e admiração pela pessoa e profissional que ele foi! Meus sentimentos a toda família que carrego como minha também. Descanse em paz meu querido, te carrego no peito, eterna gratidão”, concluiu a atriz.

Confira a publicação de Larissa Manoela sobre Saccomani:

Arnaldo Saccomani faleceu na madrugada desta quinta-feira (27). O famoso tinha insuficiência renal, diabetes e desde julho do ano passado fazia hemodiálise.Na última segunda-feira (24), o profissional completou 71 anos.

Arnaldo estava num sítio que é da família, em Indaiatuba, no interior de São Paulo, no momento do óbito. Era pai de duas filhas e estava casado. Nos últimos anos, trabalhava no Dez ou Mil, quadro do Programa do Ratinho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais