Além do Sherlock de Pega Pega, confira outros mascotes que se destacaram nas novelas!

Publicado há 3 anos
Por Felipe Gatto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em “Pega Pega”, o cãozinho Sherlock é um dos responsáveis pelas cenas mais divertidas da trama das 19 horas da Globo. Bem esperto, o fiel companheiro de Elza (Nicette Bruno) e Prazeres (Cristina Pereira) encanta os telespectadores que acompanham o folhetim que será substituído por “Deus Salve o Rei”. Fora ele, relembre outros mascotes que chamaram a atenção nas novelas!

Leia mais:
Pega Pega: Malagueta é inocentado de crime
Pega Pega: Sabine revela para polícia novas informações sobre o acidente de Mirella

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Burro era amigo do caipira Candinho (Divulgação/TV Globo)

Policarpo

Na novela “Eta Mundo Bom”, sucesso de 2016, o divertido Candinho (Sérgio Guizé) tinha um companheiro para lá de inusitado, o burro Policarpo. Além de desabafar e até pedir conselhos para o animal, o caipira andava com ele por toda parte. Até mesmo quando se mudou para a mansão da mãe Anastácia (Eliane Giardini), ele não abandonou o seu fiel companheiro.

Porquinha se destacou em trama rural (Divulgação/TV Globo)

Lili

Também no folhetim rural escrito pelo autor Walcyr Carrasco, outro bichinho chamou a atenção dos telespectadores: a porquinha Lili. Nascida na fazenda de Mafalda (Camila Queiróz), a mascote foi crescendo na história e divertindo o público. A humilde personagem vivia com ela no colo, dava banho e chegou ao ponto de procurar um marido para a porca.

Cabra integrava elenco de Flor do Caribe (Divulgação/TV Globo)

Ariana

Na novela “Flor do Caribe”, trama exibida na faixa das 18 horas da Globo em 2013, o personagem Candinho, vivido pelo ator José Loreto, tinha uma cabra de estimação que se chamava Ariana. O animal que andava com ele em todo canto foi colocado na trama com esse nome em homenagem ao escritor paraibano Ariano Suassuna.

Cão fez sucesso na escola em que se passava a novela infantil (Reprodução/SBT)

Rabito

O público infantil que acompanhava “Carrossel”, remake do SBT que foi ao ar no ano de 2012, se encantou com o Rabito. O simpático cãozinho andava com a criançada da trama e participava de grandes aventuras ao lado delas. Na escola em que se passava a obra, o pet era cuidado por Firmino (Fernando Benini).

Cadelinha era companheira de ricaça em Salve Jorge (Divulgação/TV Globo)

Emily

“Pega Pega” não foi a primeira novela em que a atriz Nicette Bruno contracenou com um bichinho. Em “Salve Jorge”, trama exibida em 2012, a veterana da dramaturgia viveu a ricaça Leonor, dona de uma cadelinha chamada Emily. Fofíssima e bastante mimada, a mascote não se separava da simpática matriarca.

Serpente assustava muita gente em folhetim de Manoel Carlos (Divulgação/TV Globo)

Serafina

“Em Família”, folhetim escrito por Manoel Carlos em 2014, a vilã Shirley tinha uma mascote um tanto quanto inusitada. A jiboia Serafina vivia enrolada no pescoço da personagem e assustava alguns dos convidados que a milionária recebia em sua mansão. Apesar disso, Shirley garantia que a serpente era boazinha e que não fazia mal para ninguém. Será mesmo?!

Gato preto aparecia em cenas com Lima Duarte (Divulgação/TV Globo)

Mustafá

Em 2006, a Globo exibiu a novela “Belíssima” na faixa das 21 horas. Na história, o personagem Murat, vivido pelo ator Lima Duarte, tinha um gatinho preto que se chamava Mustafá. Mimado pelo dono, o felino chegou a desaparecer na trama para o desespero do turco que até chorou no dia em que reencontrou o seu mascote de estimação.

Macaco aprontava todas em trama das 19 horas (Divulgação/TV Globo)

Xico

Em “Caras e Bocas”, o personagem Xico aprontou muito e participou de diversas aventuras na novela que divertiu o público em 2009. Bastante esperta, a macaca que na verdade era fêmea e se chamava Kate, contracenava com as personagens Denis (Marcos Pasquim) e Simone (Ingrid Guimarães), dentre outros.

Pata divertia público de Alma Gêmea (Divulgação/TV Globo)

Doralice

A Mirna (Fernanda Souza) foi uma das personagens mais queridas do público que acompanhou “Alma Gêmea” em 2005. Quem fazia dupla com a divertida caipira e protagonizava cenas engraçadas ao lado dela era a pata Doralice. Em um capítulo especial, a mascote se casou com o noivo Antão e certamente arrancou gargalhadas do público que assitia de casa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio