Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
REMAKE

Alanis Guillen, Juma de Pantanal, revela como reagiu à notícia de que o papel era seu

A atriz, que estreou em Malhação – Toda Forma de Amar, detalha mudança de visual

Publicado em 20/09/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A Globo confirmou o nome da atriz que dará vida a Juma Marruá no remake de Pantanal, que tem previsão de estreia para o primeiro semestre de 2022. A atriz Alanis Guillen, de 23 anos, será a protagonista da trama.

Alanis estreou na TV como Rita, personagem de Malhação – Toda Forma de Amar, em 2019. Neste domingo (19), ela foi apresentada durante o Fantástico como a atriz escolhida para o papel.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quando disseram que haveria essa nova versão de Pantanal – novela que nunca tinha assistido – uma galera na internet começou a me marcar em publicações e muitas pessoas começaram a comentar. Pessoas amigas, da família, dizendo “essa personagem tem que ser você!”. Eu queria saber quem era a personagem, que história era essa, fiquei muito curiosa. Depois de entender do que se tratava, quis fazer teste para essa produção”, contou em entrevista divulgada pela emissora.

A atriz relembrou como foi o teste para o papel. “Disse aos meus amigos, e até para os meus pais, que era mais um teste de uma produção qualquer. Fiz o teste, mandei e logo tive resposta da produção, que gostou muito, mas que queria fazer uma outra opção com a participação da Bella Secchin, preparadora da TV Globo com quem eu já tinha trabalhado em ‘Malhação: Toda Forma de Amar’. Ficamos duas semanas nos falando online, estudando. Gravamos o teste e mandei“, contou.

Para Alanis, a confirmação da notícia a fez transbordar. “Mas foi somente em fevereiro de 2021 que me chamaram para fazer um teste presencial com o diretor, algo para o qual eu vinha vibrando muito que acontecesse. Cheguei lá, encontrei o Papinha (o diretor artístico, Rogério Gomes) e foi incrível, ele me acolheu demais. Enquanto esperava o retorno desse teste, algum veículo de imprensa publicou que eu estava confirmada, mas eu mesma ainda não tinha tido essa resposta. Amigos e familiares me cobrando de não ter falado nada e me parabenizando. Foi uma loucura porque não sabia o que responder a ninguém. Não sabia nem se eu já podia comemorar ou não. Até que veio a confirmação. Aí eu transbordei“, confessou.

Guillen revelou também o que está mudando no visual para a caracterização da personagem. “Estou tentando tomar sol sem biquíni, para não ficar marca, já que a Juma usa umas roupas em que o corpo aparece bem. Não está tendo sol aqui, eu moro em apartamento, então estou passando um autobronzeador. Mas eu tenho certeza que lá no Pantanal o sol vai ajudar. E fora isso estou deixando os pelos crescerem e estou malhando dobrado”, disse.

Sobre a preparação, ela dá detalhes. “Está sendo um processo. Estou tendo um tempo muito gostoso pra acessar e digerir cada etapa. Adentrando essa história, me deixando ser penetrada, entendendo a voz, o corpo, os impulsos… Comecei por um estudo arquetípico, de mesa, e depois fiz algumas experiências pro meu corpo registrar informações que eu, Alanis, não tinha, mudei alguns hábitos, comecei a praticar Kung Fu, tive aulas de equitação, prosódia, entre outras coisas. Cada dia é precioso nesse processo todo. Principalmente, algumas dificuldades”, ponderou.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....