Aguinaldo Silva diz ser pioneiro por deixar Luz solteira no final de O Sétimo Guardião: “Empoderamento que chega às mocinhas”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo dia 17, irá ao ar na TV Globo o último capítulo de O Sétimo Guardião, trama das 21h de Aguinaldo Silva. Alguns desfechos da produção estão sendo revelados pela imprensa, como o fim da mocinha, Luz (Marina Ruy Barbosa).

Gabriel (Bruno
Gagliasso), par romântico da ruiva, morrerá para salvar a vida da amada. Júnior
(José Loreto), que também possui interesse na jovem, levará um fora ao tentar
engatar um romance. A protagonista dirá que eles devem ser apenas amigos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pelas redes sociais,
o autor do folhetim resolveu se manifestar sobre a decisão. “Há um milhão de
anos os folhetins acabam sempre com o ‘viveram felizes para sempre’ entre a
mocinha e o mocinho. É como se todas as mulheres já tivessem o seu destino traçado
desde o berço – os braços de um protetor masculino”, analisou o escritor.

“Agora, chega, né? Em
O Sétimo Guardião a ‘mocinha’ Luz Vidal sai de Serro Azul para estudar
arqueologia e volta sete anos depois, como profissional independente, para
liderar as pesquisas sobre a misteriosa civilização da qual descende a
Irmandade dos guardiães. É o empoderamento que chega às mocinhas das novelas e
eu sinto o maior orgulho por ter sido o pioneiro nisso”, concluiu Silva.

Veja:

Aguinaldo Silva falou sobre O Sétimo Guardião na web (Reprodução/Facebook)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais