Adriana Esteves relembra o fim de Carminha em Avenida Brasil: “Achei perfeita a escolha”

A famosa diz ter o retorno do público por causa da reprise

Publicado há 9 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, Avenida Brasil, novela das 21h de João Emanuel Carneiro, entrou na sua reta final. Adriana Esteves, responsável por viver a vilã Carminha, relembrou como foi viver a esposa de Tufão (Murilo Benício).

“Foi uma personagem, que mesmo falando as maiores atrocidades, conseguia ser vista e entendida com humor pelo público. Fiquei impressionada como depois de oito anos a novela ainda mexe com as pessoas. Mesmo quem viu antes, consegue se divertir e se animar vendo a trama novamente”, declarou a artista ao UOL.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A famosa contou ter o retorno dos fãs. “Voltei a receber as mensagens de carinho e animação que as pessoas me mandavam na época da primeira exibição. É realmente uma novela fantástica! Muito orgulho de ter feito parte dela”, garantiu.

Contudo, a atriz disse não ter saudade. “A Carminha jamais sairá de dentro de mim. Ela foi um dos enormes presentes que minha trajetória profissional me trouxe”, explicou a estrela.

Com relação ao final da malvada, que fica um tempo presa por ter matado Max (Marcello Novaes) e depois vai morar com Lucinda (Vera Holtz) no lixão, Adriana foi só elogios.

“Acho perfeita a escolha de João Emanuel para o final da personagem. A redenção. Nada nessa novela eu quis hora nenhuma que fosse diferente. Sou só aplausos a todos os envolvidos. Momento de enorme criatividade e talento do João e de toda a equipe envolvida”, concluiu Esteves.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio