Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
movimentada

Acidente e negociação com a ‘Morte’ marcam início de Quanto Mais Vida, Melhor!, nova novela das sete

Trama é descrita pelo autor como comédia romântica

Publicado em 10/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O aeroporto é o ponto de partida de Quando Mais Vida, Melhor!, a próxima novela das sete, inédita, escrita por Mauro Wilson. Nesse cenário, o destino cruza as vidas de Neném (Vladimir Brichta), Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano) e Flávia (Valentina Herszage). Estes são os protagonistas da trama.

Por motivos distintos, aleatórios e urgentes, os quatro precisam deixar o Rio de Janeiro e seguir para São Paulo, e se encontram no jatinho de Guilherme. Até aquele dia, nenhum deles imaginava que suas vidas já estavam interligadas. A viagem então põe em xeque o quanto é possível mudarmos nossas trajetórias e o quanto estamos predestinados a viver algumas experiências, amores, fracassos e alegrias. 

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Neném, jogador de futebol que viveu o auge da carreira no Flamengo, passou pela seleção brasileira, jogou na Europa, mas viu sua ascensão profissional ser abreviada por conta de uma rotina de boêmia e lesões no joelho, tenta voltar aos gramados, e precisa viajar para fazer um teste na Ponte Preta.

Paula, uma bem-sucedida empresária, quer contratar um garoto-propaganda para a nova linha de produtos voltados para o público masculino, sua aposta para salvar sua empresa, a Terrare Cosméticos, de uma crise financeira iniciada na pandemia.

Guilherme, médico renomado, proprietário da Clínica Monteiro Bragança, vai receber na capital paulista pela terceira vez o título de melhor cirurgião do país.

Já Flávia, é dançarina de pole dance da boate Pulp Fiction, depois de se envolver em um assalto, se faz passar por aeromoça para não ser pega pela polícia com uma mala cheia de dólares.

O que acontece

Ao saber que o aeroporto está fechado pelo mau tempo e que o único avião a levantar voo será o jatinho de Guilherme, Paula pede ajuda ao médico para chegar a tempo de fechar o contrato com um modelo famoso, também cobiçado pela empresa de sua maior rival, Carmem Wollinger (Julia Lemmertz) a vilã da novela.

Ele libera a entrada dela na aeronave, enquanto seu piloto, Jairo (Gillray Coutinho), torcedor fanático do Flamengo, reconhece o ídolo Neném, e também intercede junto ao patrão para que o jogador possa viajar com eles e conseguir fazer o teste para o novo clube.

A contragosto, Guilherme é convencido pelo funcionário. Pressionado para decolar logo, Jairo vê Flávia uniformizada – ela acabara de roubar a roupa de uma aeromoça – e pergunta se ela topa fazer um voo extra para São Paulo. Ela aceita e parte antes de ser vista pelos policiais que a procuravam.  

A aeronave ganha o céu. Perto de Ubatuba, o piloto se sente mal e apaga.  Flávia, identificada pelo crachá como Thais, ainda tenta acordá-lo sem sucesso. Com o avião perdendo a altitude, Guilherme atesta que Jairo teve um infarto. Eles se desesperam até a queda, em meio a uma tempestade, na mata fechada. Sem contato com a aeronave, o controlador percebe a emergência e envia as equipes de salvamento para o local. 

Enquanto isso, no Rio de Janeiro, as respectivas famílias começam a ser avisadas do acidente. Na Tijuca, o matriarcado que gira em torno de Neném se desespera com a possibilidade de perdê-lo. Na casa do jogador, além de sua mãe Nedda (Elizabeth Savala), vivem –  na mais absoluta paz –  as duas ex-mulheres dele, Jandira (Micheli Machado) e Betina (Carol Garcia), e suas respectivas filhas com o jogador: Martina (Agnes Brichta) e Bianca (Sara Vidal).

A turma, apoiada por Osvaldo (Marcos Caruso), agente do atleta, corre para o aeroporto em busca de notícias. Por lá, conhecem Rose (Bárbara Colen), ex-modelo e mulher de Guilherme, Celina (Ana Lúcia Torre), mãe do médico, e a Dra. Joana (Mariana Nunes), braço direito dele na clínica Monteiro Bragança. Por último chegam, Ingrid (Nina Tomsic) e Tuninha (Jussara Freire), filha de Paula e a governanta da casa da empresária na Barra da Tijuca, respectivamente. 

O que eles – ainda sem saber se a tripulação do avião sobreviveu ao acidente – não imaginam é que os quatro entes amados estão em plena negociação com a Morte (Marcela Maia). A própria, em pessoa. Mas ela revela que, em um ano, um deles vai de fato fazer sua passagem de forma definitiva para um outro plano.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....