“Acham que sou gringo”, conta André Dias sobre o sucesso de Groa em Segundo Sol

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

André Dias está feliz da vida com Groa. O personagem, melhor amigo da protagonista Luzia em Segundo Sol, fez o ator tornar-se conhecido. Sobretudo pela veracidade de seu sotaque em cena. Chamado às pressas para o papel, ele contou em entrevista à Revista Quem, que teve uma preparação de apenas duas semanas antes do início das gravações.

Devido às exigências do cronograma de gravações, ele precisou abandonar os dois papéis que faria no musical Peter Pan. “Meu medo era sustentar um sotaque diferenciado por seis meses, mais até, que é o período que a novela fica no ar”, revela ele.  André ainda contou que as pessoas acreditaram tanto no sotaque que pensam que ele é realmente estrangeiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Magoado com comentário de Xuxa, Felipeh Campos fala sobre ela no Programa Raul Gil: “Pura decadência”

“Acham que sou gringo. E fico feliz com isso. Quero essa sensação. Participar desta novela foi um grande prazer e tive gratas surpresas com a equipe. Novela é uma obra aberta e a gente sabe muito pouco ao estrear. Mas foi muito bacana o desenrolar do Groa na história”.

Com 43 anos de idade e 30 de carreira, ele disse que agarrará todas as oportunidades que tiver na TV e agora em diante, e relembrou Novo Mundo, sua primeira novela. “O Patrício, de Novo Mundo, foi um outro presente. Foi uma indicação da Marcia Andrade e o papel cresceu ao longo da novela Era um vilão patético. Digo que Novo Mundo me preparou para um desafio maior que é Segundo Sol, um personagem grande em uma novela das 9.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio