Abalada com ataques após velório de Paulo Gustavo, Tatá Werneck desabafa e toma decisão

A humorista participou ativamente da corrente de oração pela saúde de Paulo Gustavo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tatá Werneck tem sido criticada na web por ter ido à cerimônia de despedida de Paulo Gustavo usando usando duas máscara, face shield e estar com álcool na mão. Neste sábado (08), a humorista decidiu dar um tempo das redes sociais.

Gente vou dar um tempo do Twitter. Adoro ficar aqui conversando com vcs. Tem pessoas mto lindas e carinhosas aqui! Mas ver gente ridicularizando minha proteção, meu medo depois de perder um amigo e sobre a roupa que usei é difícil demais. Magoa mto quem já tá magoado“, escreveu a artista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E completou: “E se quiserem me ridiculizar mas eu estiver salvando a vida de alguém que vai passar a se cuidar , pra mim vale a pena“, escreveu. Tatá rebateu também críticas sobre a roupa que usou na cerimonia, que, segundo o internauta, deveria usar uma roupa “mais composta”.

Gente! Jura? Querida! Enfia sua roupa composta no seu c*! Eu não estou conseguindo dormir, comer, roupa composta é teu rabo! Vai se arrumar para ir para as ruas, festas clandestinas e me deixa em paz”, escreveu.

Amiga de Paulo Gustavo, Tatá Werneck participou ativamente da corrente de oração pela saúde do ator. A morte do artista foi confirmada às 21h12 de terça-feira (04). Ele estava internado no Rio de Janeiro desde o dia 13 de março para tratar as complicações da covid-19. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio