A Fazenda: Raissa chora ao relembrar terrorismo de Luiza e Mirella: “Não desejo isso pra ninguém”

Peoa lamentou o fim da amizade com a funkeira mas não a saída de Luiza

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Raissa Barbosa desabafou com Lucas Maciel na manhã desta sábado em A Fazenda 12. A peoa ainda caiu no choro ao relembrar o fm da amziade com Mirella e o terrorismo causado por Luiza Ambiel. Para Raissa, ter sido constantemente acusada de falsidade pelas ex-amigas foi um duro golpe a qual ela não teve a oportunidade de se explicar.

Ela [Mirella] falava que eu era falsa, mas não estava na minha pele, sentindo o que eu estava sentindo quando virou as costas pra mim. Eu fiz o que meu coração mandou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que eu mais queria era que a Luzia saísse. Ela ela saiu. Então eu acho que fiz a coisa certa. Depois de tudo a Mirella começou a me atacar e eu rebatia […] Fiz o que eu tinha que fazer. O poder é meu, eu tomei a decisão e arquei com as consequências“, expressou a ex-Miss Bumbum.

E continuou: “Depois de tudo ela veio falar de amizade […] Na primeira oportunidade da outra briga ficou do lado da Luzia e esqueceu o que a gente viveu. Ela não olhou pro meu lado. Todo mundo me apontou, me xingaram, me apontaram, mas ninguém sabe o que eu estava passando […]

Todo mundo virou as costas pra mim e me colocou como errada […] Eu e a Mirella acho que a amizade acabou. Tentei conversar mas não deu. Pra que eu vou defender uma pessoa que não está nem ai pra mim. Fico triste, estou mal por me taxarem falsa e traidora, coisas que eu não sou. É muito ruim toda hora me apontando“, contou.

Sobre Luiza Ambiel

Teve a outra situação [reunião dos peões organizado pela Luiza] que na minha cabeça, eu achei que ela pediria desculpas. Eu disse: ‘É pré-Roça, não é nada ruim, vamos todos conversar’. Aquela situação [da fofoca do JP Gadêlha, que falava macho escroto] Eu sabia que ela usar isso contra mim […] Ela ficava me cutucando […]

Eu falei coisas pra ela que eu estava sentindo. E ela falava coisa pra mim que são ridículas […] Eu estava me segurando óh…não é que eu perco a paciência muito rápido […] Eu tinha medo de algumas coisas dela. Tudo pra ela as pessoas estavam perseguindo ela. Tudo ela criava uma coisa muito grande […]

Ela sabe como eu sou, ela é esperta, ela é experiente e sabe como cada um aqui dentro reage […] Ela sabia que ali eu ia surtar e ficou apontando, todo mundo falou e no final quando eu ia falar eu estava controlar o que eu estava sentindo […] ela sabe das minhas fraquezas. Só que eu não falei tudo o que eu tinha pra falar.

Em alguns momento eu fiquei calada, mas eu não concordei […] Ela me provocava, em outras situações ela passava por mim e jogava cabelo na minha comida. […] No quarto ela chegava cantarolando […] Era tudo provocando […] Eu não aguento ser atacada […]

Ela acredita que ela está certa […]A última parte que eu lembro é a Mirella me chamando de traidor… eu explodi e eu não sei mais o que eu fiz, só vi um monte de dedo. Dedo de Mirella, de Luiza, de Victória e eu sozinha. Todo mundo me atacando.

Só tinha a Jojo pra me segurar, eu não ia pra cima dela, eu não ia fazer nada eu queria quebrar alguma coisa, queria ver, extravasar a minha raiva, eu quase cai, fiquei me batendo pra trás e a Jojo tentando me acalmar, e você, eu fiquei muito decepcionada […] Não desejo isso pra ninguém […] Ficaram me chamando de louca, que bom que eu tinha Jojo pra me segurar. No final eu estava preferindo ser expulsa que sendo massacrada, é muito ruim, eu não desejo isso pra ninguém“, concluiu ela.

Confira mais informações, curiosidades, e tudo o que acontece em tempo real em A Fazenda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais