A Fazenda: Luiza Ambiel e Rodrigo Moraes falam sobre JP Gadêlha

Participantes não entendem eliminação do bombeiro

Publicado há um mês
Por Rafael Carvalho
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em A Fazenda 12 na tarde desta sexta-feira (25), Luiza Ambiel e Rodrigo Moraes conversaram sobre a segunda eliminação da temporada e a eliminação de JP Gadêlha, os peões demonstraram indignação e um sentimento de luto com a saída do companheiro de confinamento.

Para o ex-fazendeiro, o fato de JP ter discutido com Cartolouco após a formação da roça causou revolta no público: “É algo muito grande você montar uma lealdade com uma galera e quebrar. Para nós, não é do nada porque a gente vê a construção de tudo aqui, mas para quem tá lá fora não tem a mesma leitura nem tem como ter. As pessoas não ficam 24 horas assistindo, as pessoas trabalham lá fora”, refletiu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A modelo rebateu: “Ah, eu conheço uma galera que fica, viu? A grande maioria não pode nem pagar pra assistir a toda hora.” Rodrigo acredita que o público abraçou a ideia de que JP traiu o grupo da baia, formado por eles, Biel e Cartolouco. “Convivendo com você, eu não acho que ele traiu, não. Ele foi nas coisas que ele acreditava em decorrência do dia a dia”, disse a modelo. “Se ele ficasse mais, eles dois (JP e Cartolouco) iam se resolver”, garantiu.

Os dois lamentaram a ausência de JP. “Vai fazer uma baita falta”, disse Luiza, chateada: “A Jojo Todynho falou que estava cantando com ele. Toda vez que surge uma conversa, ele defende. Ele sempre defende. Eu achava que a baia tinha ficado meio estremecida e que ficou mais Biel e Cartolouco e você e ele mais próximos”, comentou a modelo.

Rodrigo confirmou: “Sim, eu e ele, no primeiro olhar a gente já se aproximou. No primeiro dia a gente já se identificou. A baia só reforçou, mas foi uma ligação de irmão no primeiro dia. Ele foi o único parceiro de sangue, de alma que eu tive”. É um menino trabalhador, de família, igual a mim”, disse o ex-fazendeiro. “Uma pessoa que merecia ficar mais tempo, né? Colher mais frutos. Ele sendo o segundo a sair vai acontecer tanta coisa boa lá fora. Desejo o mesmo pro Fernandinho. Os primeiros que saem é triste, mas saem com o burburinho, vão colher muita coisa”, analisou Luiza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais