A Fazenda: JP Gadêlha detona Cartolouco e manda ele “virar homem”: “Você quer aparecer”

O bombeiro cobrou explicações após ser ofendido pelo ex-Globo na madrugada

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Poucas horas depois de mais um barraco generalizado em A Fazenda 12, pela manhã deste sábado (19) a situação se repetiu, no entanto, entre JP Gadêlha e Cartolouco, um dos poucos que não tinham causado qualquer situação na madrugada.

O ex-The Circle cobrou explicações após na noite anterior Cartolouco ter lhe ofendido na frente de outros peões dizendo para que ele enfiasse as redes sociais no c*. “Você chegar do nada e falar: ‘enfia seus twittes no seu cu’, gratuitamente, parceiro?“, proferiu JP ao ver o rapaz sair do quarto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso foi uma piada“, respondeu Cartolouco. “Piada? Que piada é essa? Ali são minhas ideias, meu parceiro. Cartolouco, ali são minhas impressões e você virar pra mim gratuitamente e me ofender na frente de todo mundo, me ofendeu pra caralho. Fiquei muito chateado. Estou lhe falando do fundo do meu coração. Que não se repita“, avisou o bombeiro.

O ex-Globo tentou se explicar dizendo que concorda com todas as ideias dele sim e que já tinha dito isso várias outras vezes. “Sim, mas qual a necessidade de fazer isso? É pra aparecer então?“, rebateu JP furioso. Mas Cartolouco diz que quem quer aparecer parece que é ele, causando um barraco matinal.

JP Gadêlha fica enlouquecido com o comentário e cerca Cartolouco. “Eu quero aparecer? Se eu quisesse aparecer eu estaria falando contigo agora? Tu acha que eu não teria chegado ali no quarto e não teria mandado você tomar no cu na frente de todo mundo não?“, disparou. “Respeita porra, respeita seus amigos. Respeitar dessa forma? A troco de quê? Você estava sóbrio, Foi gratuito. Você está se achando certo?“, continuou Gadêlha.

Cartolouco pede para que ele não grite, mas JP diz que não é a primeira vez. “Me irritei, é a segunda vez. A primeira vez eu deixei passar de boa. Mas foi uma parada que me machucou novamente você repetir isso, pois você disse que não iria mais me ofender. Você estava sóbrio, estava ajudando a galera a se trocar junto comigo […] É de uma falta de respeito e se você disser que não é, você não vai estar sendo homem. Estou falando homem de palavra e não de sexo“, diz ele.

Cartolouco insiste em que JP está gritando e tentou contornar a situação pedindo desculpas. “Não precisa gritar. Eu já falei que eu estou errado. Respeito demais suas ideias, já disse isso tantas vezes“. “É desnecessário você fazer isso“, concluiu JP, seguindo para seus afazeres do dia.

Confira mais informações, curiosidades, e tudo o que acontece em tempo real em A Fazenda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais