A Fazenda 9: “Fui mendiga em Lisboa”, diz Monique sobre perrengues vividos fora do Brasil

Publicado há 3 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Monique Amin já dividiu com os colegas em A Fazenda – Nova Chance recordações da época em que viveu por um ano no Azerbaijão, país localizado no continente Asiático. Na noite de ontem (28), a modelo resolveu contar os perrengues que passou ao morar nas ruas de Portugal.

VEJA: A Fazenda 9: Monique Amin diz que foi presa na época que morou fora do Brasil

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com apenas 17 anos, Monique conseguiu uma autorização dos pais para sair do Brasil e foi morar em Lisboa como um ex-namorado, que na época tinha 27 anos. Chegando lá, ela não conseguiu emprego fixo e acabou sendo despejada do apartamento. “Meu dinheiro foi acabando… A gente não pagou o aluguel, um dia o cara entrou e botou a gente pra fora… Eu fui mendiga em Lisboa. Eu dormia no cassino e pegava um papelão para dormir e quando a polícia vinha a gente vazava. Como andarilha eu fiquei umas duas semanas na rua. Tomava banho no Beach Club, dormia na praia, transava na praia… A nossa vida era na rua”, relatou Monique.

A modelo disse que depois do período morando nas ruas conseguiu se hospedar na casa de um grupo de brasileiro, mas as dificuldades continuaram: “Eu fiquei uns quatro dias sem comer. Abria a geladeira e só tinha uma cebola velha e uma mostarda dura. Daí eu colocava na faca, tostava no fogo e comia… Eu já fui presa porque estava sem passaporte, me deixaram três horas em uma sala trancada”.

Para sobreviver no país, Monique revelou que também precisou furtar alimentos: “Foi muito perrengue. Eu roubava comida nas mercearias. Fora das mercearias tinha só tomate, pimentão e eu roubava e saia correndo”.

+ ACOMPANHE TUDO SOBRE A FAZENDA – NOVA CHANCE

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio