A Dona do Pedaço: Conheça a próxima trama das nove da Globo que destaca o poder feminino

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela substituta de O Sétimo Guardião já foi definida pela Globo: A Dona do Pedaço, escrita por Walcyr Carrasco. Com direção artística de Amora Mautner, a trama irá enaltecer o poder feminino contando a trajetória de Maria da Paz, interpretada por Juliana Paes.

Veja também: Rafa Brites participa de bloco de rua em São Paulo e se joga no rebolado

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma jovem humilde da cidade fictícia de Rio Vermelho, no Espírito Santo, a personagem vem de uma família de justiceiros profissionais: os Ramirez. Ao longo da novela, Maria irá se apaixonar por Amadeu (Marcos Palmeira). O rapaz é um advogado formato em Vitória e membro do clã rival nos negócios: os Matheus.

A Dona do Pedaço será dividida em um prólogo e duas fases. Trazendo uma história de amor com elementos à Romeu e Julieta, sem perder o humor, que permeia todo o folhetim.

É uma novela que fala de coragem e esperança. Acredito que as pessoas podem subir na vida utilizando aquilo que já sabem, um dom, e a vontade de lutar e trabalhar. Traz a certeza de que todos podem encontrar seu lugar no mundo”, ressaltou Walcyr em entrevista ao Gshow.

Prevista para estreia ainda neste primeiro semestre de 2019, A Dona do Pedaço tem colaboração de Nelson Nadotti, Márcio Haiduck e Vinícius Viana. A direção geral é assinada por Luciano Sabino. Já a direção é por conta de: André Barros, Bernardo Sá, Bruno Martins Moraes, Caetano Caruso e Vicente Kubrusly.

Conheça o enredo de A Dona do Pedaço

A história da próxima novela das nove da Globo foi divulgada neste domingo (24), no Gshow. Confira a seguir o início conturbado do amor de Maria da Paz e Amadeu e as surpresas que esperam pelo casal no futuro.

Desde pequena, Maria mantém o hábito de ficar na cozinha ao lado de sua avó, Dulce (Fernanda Montenegro). É com a senhora que ela aprende a fazer bolos. Essa rotina a seduz mais do que as atividades impostas pelo pai, Ademir (Genézio de Barros), que quer transformá-la em uma justiceira.

Já entrando na década de 1990, Maria e Amadeu se conhecem durante um passeio a cavalo. Quando descobrem que vêm de famílias rivais, o casal sugere um pacto de paz para viverem o romance e conseguem marcar o casamento.

No entanto, no altar, Amadeu leva um tiro misterioso e, após a tragédia, os Matheus prometem vingança contra os Ramirez. As primeiras vítimas são: Fabiana (Maria Clara BaldonNathalia Dill) e Virgínia (Duda BatistaPaolla Oliveira); sobrinhas de Maria e filhas de Zenaide (Maeve Jinkings).

Vicente (Álamo Facó), irmão de Amadeu, fica encarregado de dar fim nas meninas, mas só consegue capturar Fabiana. Ele fica sem coragem de executar o serviço e a deixa em um convento.

Ao saber do sumiço de Fabiana, a família tira Zenaide e Virgínia da cidade, mas uma nova tragédia acontece. A criança se separa da mãe e se perde pelas ruas de Vitória.

Jurada de morte, Maria conta com a ajuda da mãe, Evelina (Nívea Maria), e do padre (Fernando Eiras) para fugir. Ela consegue abrigo na casa de Marlene (Suely Franco), prima do sacerdote, no bairro do Bixiga, em São Paulo.

A morte de Amadeu

Na cidade, a personagem de Juliana Paes começa uma nova vida com a promessa de reencontrar as sobrinhas. Com o passar do tempo, recebe a notícia da morte de Amadeu, que é falsa.

A informação é uma mentira inventada a partir de um acordo entre as mães, Nilda (Jussara Freire) e Evelina. As duas decidem dizer para ambos que os dois estão mortos.

Se não bastasse o sofrimento pela “morte” do amado, Maria se vê grávida e sem emprego. Porém é incentivada por Marlene e seu novo vizinho, Eusébio (Marco Nanini), a vender bolos como forma de sustento. O negócio dá certo e, após 20 anos, Maria torna-se uma bem-sucedida dona de uma cadeia de confeitarias.

Relação com a filha

Apesar do sucesso nos negócios, Maria não vive um bom relacionamento com a filha Josiane (Agatha Moreira). A jovem nutre um desprezo pela mãe, critica seu comportamento e aparência e odeia o próprio nome.

No entanto, ela sabe que precisa da mãe para realizar o sonho de se tornar uma digital influencer. E, para conquistar a projeção social que deseja, articula um plano com Régis (Reynaldo Gianecchini), um playboy de família tradicional.

A jovem o apresenta para a mãe e arma o casamento entre eles para tomar o dinheiro dela. Maria sequer imagina que a união pode colocar em risco seu patrimônio conquistado com tanta luta.

Além da armação, Josiane também faz de tudo para se aproximar de Virgínia. Após ser encontrada e adotada por Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale), a garota tornou-se uma das mais conhecidas digital influencers do país.

Surpresinha para Josiane

Ao tentar criar uma “amizade sincera” com Virgínia, Joseane só não imagina que a famosa é sua prima desaparecida. E muito menos que é na parente desconhecida que se espelha para ter sucesso na internet.

Fabiana, que há anos não tem notícia da família, descobre o paradeiro da irmã ao vê-la em um programa de televisão com um amuleto dado de presente por Dulce para as duas.

Ela decide, então, se mudar para São Paulo, onde arquiteta um plano para recuperar a vida que não teve. Isso sem revelar o parentesco com Virgínia, afinal, tem inveja da irmã bem-sucedida.

Durante esse tempo, Amadeu se recupera na casa de campo da família com a ajuda da fisioterapeuta Gilda (Heloísa Jorge). Certo de que sua Maria morreu, casa-se com Gilda e se muda para São Paulo, onde exercer seu ofício de advogado. Na metrópole, o casal protagonista se reencontra e reacende o amor do passado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio