Publicidade

Relembre Crô, um mordomo divertido e nada discreto

Personagem é empregado da antagonista Tereza Cristina, de Christiane Torloni

Crô, de Fina Estampa
Publicidade

“Nilo”, “A Filha de Osíris, “Divina Ísis”, “Pitonisa de Tebas” são algumas das expressões que Crô (Marcelo Serrado) usa para se referir à requintada Tereza Cristina (Christiane Torloni), a patroa por quem ele é totalmente devoto, em Fina Estampa.

Batizado como Crodoaldo Valério – por um erro no cartório, como ele gosta de frisar – é um empregado dedicado, apesar de, muitas vezes, dizer que não tolera sua patroa. É ela, aliás, quem ajuda Crô com a mensalidade da faculdade de sua sobrinha, Vanessa (Milena Toscano).

Entre as funções de Crô na casa de Tereza Cristina estão cuidar de seu penteado e de seus cachorrinhos. É ele também quem a acompanha nos eventos chiquérrimos que ela frequenta. O visual moderno de Crô não é nada discreto. Já o seu relacionamento amoroso é segredo para todos.

Continua depois da publicidade
Teresa Cristina e Crô, de Fina Estampa (Reprodução)

Fina Estampa é uma obra de Aguinaldo Silva, com direção geral e de núcleo de Wolf Maya e direção de Ary Coslov, Claudio Boeckel, Marcelo Travesso, Marco Rodrigo e Marcus Figueiredo.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade