Publicidade

Gizelly discute com Thelma sobre prêmio: “Rafa e Manu são ricas”

"Aqui não é instituição de caridade", diz Thelma

Gizelly na festa do líder no BBB20
Publicidade

Em discussão com Thelma na madrugada de hoje, durante a festa do líder, Gizelly falou sobre seu desentendimento com Prior. A advogada falou sobre o prêmio de R$1,5 milhão e deu o exemplo de que Pyong já era rico e não precisava do dinheiro, mas a médica discordou do modo de pensar da sister e que a sister não tinha que pensar no que as pessoas ganham fora da casa. “Isso aqui é um jogo, não é caridade”.

“Eu em nenhum momento disse que Pyong, Rafa, Manu não merecem isso. Em nenhum momento eu falei de merecimento. eu quis dizer só que a gente não precisava se preocupar com o Pyong, porque quando ele saiu, ele tem dinheiro pra se sustentar. Só isso”, afirmou a capixaba.

Gi ainda completou: “Mas seguinte, a Rafa e a Manu são ricas, a Rafa ganha um milhão e meio por mês. Elas vão ganhar isso”. Mas Thelma continuou a discordar. “Eu não consigo julgar as pessoas aqui desta forma. Se elas ganham bem, aqui foi uma enorme exposição, e elas podiam acabar com a carreira delas. 

Continua depois da publicidade

“Aqui não é instituição de caridade, ninguém pede comprovante de renda pra entrar aqui. Não faz sentido a gente julgar as pessoas pelo dinheiro que elas tem ou não tem, ninguém é coitadinho, e ninguém dispensa um prêmio desses também”, rebateu a paulista.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade